quinta-feira, 21 de janeiro de 2010



PASTORES
SEGUNDO O
CORAÇÃO DE DEUS

Referência: Jeremias 3.15



INTRODUÇÃO

1. A vocação para o pastorado é a mais sublime das todas as vocações.

- John Jowett no seu livro “O pregador, sua vida e sua obra” diz que vocação é quando todas as outras portas estão abertas, mas você só anseia entrar pela porta do ministério. São algemas invisíveis.

2. Deus chama pessoas diferentes, em circunstâncias diferentes, em idades diferentes para o ministério.

- Chamou Jeremias no ventre da mãe.

- Chamou Isaías num momento de crise nacional.

- Chamou Pedro depois de casado.

- Chamou Paulo quando este perseguia a igreja.

3. O texto em apreço nos fala que Deus é quem dá pastores à igreja.

- O pastor não é um voluntário, mas um chamado.

- O seu ministério não é procurado, é recebido.

- Sua vocação não é terrena, é celestial.

- Sua motivação não está em vantagens humanas, mas em cumprir o propósito divino.

4. Vejamos algumas lições desse texto:

I. É DEUS QUEM DÁ PASTORES À SUA IGREJA – V. 15

1. A escolha divina não é fundamentada no mérito, mas na graça

Jeremias era uma criança quando foi chamado. Ele não sabia falar. Foi Deus quem colocou sua Palavra em sua boca.

- Jonas era um homem que tinha dificuldade em perdoar os inimigos, e Deus o chamou e o enviou a fazer a sua obra, mas contra sua vontade.

- Paulo se considerava o o menor dos apóstolos, o menor dos santos, o maior dos pecadores, mas Deus o colocou no lugar de maior honra na história da igreja.

• Nossa escolha para o serviço e para a salvação não é fundamentada em méritos, mas na graça.

2. É Deus quem coloca os membros no corpo, como lhe apraz

• Todos os salvos têm dons e ministérios no corpo, mas nem todos são chamados para serem pastores. Não somos nós quem decidimos, mas Deus. Quem é chamado para este sublime mister não poder orgulhar-se, porque nada temos que não tenhamos recebido.

II. DEUS DÁ PASTORES À SUA IGREJA – V. 15

1. Deus não apenas chama, mas especifica a missão

• O que é um pastor? O que significa pastorear?

a) Pastorear é alimentar o rebanho de Deus com a Palavra de Deus - Não nos cabe prover o alimento, mas oferecer o alimento. O alimento é a Palavra. Reter a Palavra ao povo de Deus é um grave pecado.

b) Pastorear é proteger o rebanho de Deus dos lobos vorazes – Jesus alertou para o fato do inimigo introduzir os filhos do maligno no meio do seu povo, se a igreja estiver dormindo. Paulo alertou para o fato dos pastores estarem vigilantes para que os lobos vorazes não penetrem no meio do rebanho.

c) Pastorear é gostar do cheiro de ovelha

A missão do pastor é apascentar.

- O pastor é alguém que convive com ovelha. Está perto.

- Leva para os pastos verdes as famintas, às águas tranquilas as sedentas, atravessa os vales escuros dando segurança à ovelha, que está insegura carrega a fraca no colo, resgata a que caiu no abismo, disciplina aquela que põe em risco a vida do rebanho.

III. DEUS DÁ PASTORES SEGUNDO O SEU CORAÇÃO – V. 15

1. Deus dá pastores à igreja segundo o seu coração

a) Qual é o perfil de um pastor segundo o coração de Deus:

1) É um pastor que temconsciência de que Deus o chamou não governar o povo com rigor, mas para cuidar do seu povo;

2) É um pastor que cuida da sua própria vida, antes de cuidar do povo de Deus. Ele prega a si mesmo, antes de pregar ao povo. Sua vida é o seu mais eloquente sermão.

3) É um pastor que é exemplo vida, piedade para o seu próprio rebanho. Ele nada considera a vida preciosa para si mesmo para velar pelo rebanho. Ele dá a sua vida pelo rebanho.

4) É um pastor que pastoreia TODO o rebanho: as ovelhas dóceis e as indóceis.

5) É um pastor que compreende que a igreja é de Deus e não dele. Deus nunca nos passou procuração para sermos donos do rebanho. A igreja é de Deus.

6) É um pastor que compreende que a igreja custou muito caro para Deus, o sangue do seu Filho. A igreja é a Noiva do Filho de Deus. A igreja é a Menina dos Olhos de Deus. Ele tem zelo pela igreja.

IV. A EXCELÊNCIA COM QUE O PASTOR DEVE EXERCER O SEU PASTORADO – V. 15

1. O pastor deve apascentar o rebanho de Deus com conhecimento

O pastor é um estudioso. Ele deve ser um erudito. Ele precisa conhecer a Palavra, alimentar-se da Palavra e pregar a Palavra.

• Paulo diz que deve ser considerado digno de redobrados honorários aqueles que se afadigam na Palavra. Precisamos estudar até à exaustão.

Precisamos cavar e oferecer ao povo de Deus as insondáveis riquezas de Cristo. Somos mordomos: precisamos oferecer um cardácio apetitoso, balanceado.

• As cátedras seculares envergonham os púlpitos. Precisamos nos apresentar como obreiros aprovados. Precisamos realizar o ministério com um padrão de excelência.

2. O pastor deve apascentar o rebanho de Deus com inteligência

Inteligência significa com sabedoria, com sensibilidade.

Sabedoria é usar o conhecimento para os melhores fins.

Precisamos tratar as ovelhas de Deus com ternura.

Paulo diz que o pastor é como um Pai e também como uma Mãe.

O pastor chora com os que choram e festeja com os que estão alegres.

O pastor é trata cada ovelha de acordo com sua necessidade, com seu temperamento, com seu jeito peculiar de ser.

Ele é dócil com as crianças como Jesus que as pegou no colo.

Ele trata os da sua idade como irmãos e aos mais velhos como a pais.

Uma coisa é amar a pregação, outra coisa é amar as pessoas para quem pregamos.

CONCLUSÃO

1. Agradecemos a Deus pela sua vida, amizade, carinho, amor e pastoreio a esse precioso rebanho.

2. Parabenizamos você pelo seu dia. Que você continue sendo um pastor segundo o coração de Deus, que apascenta o rebanho de Deus com conhecimento e inteligência. Amém!




AUTOR: Rev. Hernandes Dias Lopes





OBEDIÊNCIA








I – Obedecei à voz de Deus e não as de homens infames.


1) Muitos têm obedecido e se dobrado diante de homens.


2) Outros têm desobedecido ao Senhor para viver no pecado.


3) Muitos têm descoberto os seus segredo com inimigo como foi com Sansão.


4) Muitas Igrejas tem desobedecido a Deus, e estão morrendo no deserto como Israel.


II – É mais fácil obedecer do que sacrificar. I Sm. 15:22


1) Toda obediência tem como eixo principal o Senhor Deus.


2) Deve obedecer as autoridades no Senhor.


3) A desobediência aos pais é um grande pecado.


4) A desobediência aos lideres espirituais cai contra os princípios de Deus.


5) Desobedecer à palavra de Deus, é desobediência ao próprio Deus.


III – Devemos obedecer a Deus ainda que isso significa a morte.


1) Os três jovens no reino da Babilônia.


2) Ester obedeceu ao seu tio Mardoqueu.


3) Rute obediente ao seu chamado junto com a sua sogra.


4) Isaías obedeceu o ide de Deus.








FONTE: Pr. Lindemberg



555555555555



CHAMADOS

PARA FAZER

DISCÍPULOS



II Tm 2:2 - A continuidade do discipulado.

At 9:26,27 - O discipulado de Saulo.

At 11:25,26 - O cuidado de Barnabé com Saulo.

Mt 4:18,19 - Jesus e seus discípulos.

Mt 28:19,20 – A nossa incumbência.








INTRODUÇÃO:

- O discipulado é a continuidade da integração.

- É o processo em que o novo convertido recebe todas as instruções indispensáveis ao crescimento de sua fé e a conscientização de suas responsabilidades.

- Depois de integrado à igreja, o novo convertido precisa continuar desfrutando de cuidados especiais até que alcance a maturidade espiritual e se torne, ele mesmo um discipulador.

1 - O DISCIPULADO E SUA CONTINUIDADE.

a) O discipulado é uma necessidade

Assim como o bebê recebe, nos seus primeiro dias de vida, uma alimentação adequada ao seu organismo, da mesma forma o novo convertido nesta fase.

b) A continuidade do discipulado - II Tm 2:2

O que eu aprendi, devo ensinar a outros, para que esses passem a diante; é fazer discípulos que façam discípulos.

2 - O DISCIPULADO DE SAULO (PAULO).

a) Seu principal discipulador foi Barnabé.

Barnabé o tomou para si, quando sofreu discriminação da igreja em Jerusalém At 9:26.

- Barnabé manteve Saulo ao seu lado por um ano At 11:25,26.Observe que logo ele começa a ajudar Barnabé At 11:26.

- Veja a importância do discipulado, Saulo se torna o grande Paulo, o precioso apostolo dos gentios.

3 - QUALIDADES DE BERNABÉ QUE TODO DISCIPULADOR DEVE TER.

a) Era homem de bem, era cheio do Espírito Santo e cheio de fé - At. 11:24, fiel nas contribuições At 4:37.

b) Seu nome destacava sua conduta (Barnabé, filho da consolação) - At 4:36.Era amoroso, encorajador, consolador, amigo etc.

c) Outras qualidades do discipulador.

Deve amar incondicionalmente.Deve ser respeitável.Ser confiável.Ser equilibrado.Cuidadoso com as criticas.Transparente também nas fraquezas.

4 - JESUS E SEU DISCIPULOS MT 4:18,19.

a) Eu vos farei pescadores.Está claro que discipulado é treinamento.Está claro que ninguém é inútil, basta ser treinados.

5 - A INCUBÊNCIA É PARA TODA Á IGREJA - MT 28:19,20.

a) Todos devem fazer discípulos.

b) Aperfeiçoando os santos (preparando a igreja).

c) Para a obra do ministério (que é a edificação do corpo).

d) É a igreja cuidando da igreja (é crente cuidando de crente).

6 - QUANTO TEMPO DEVE DURAR O DISCIPULADO?

a) Enquanto houver necessidade de aprender.

b) E não somente até o batismo, como às vezes pensamos.

7 - PROBLEMAS DA FALTA DE DISCIPULADO HB 5:12.

a) Quem não tem um discipulador já tem um problema.

- Está propenso a se desviar com facilidade.

- Não cresce adequadamente.É presa fácil para heresia.

- É improdutivo.

- É uma brasa só, e logo esfriará.

- Por que ser dois, é um principio divino Ec 4:9-12.

8 - BENÇÃOS DO DISCIPULADO.

a) Se você tem um discipulador você tem um pai, um amigo.

Alguém que ouça você.Alguém que ore com você.Alguém que fale sobre a sua vida (chame a sua atenção).

b) Resultado.

Seremos melhores servos de Deus, melhores obreiros.

Teremos raízes bem firmadas.Teremos melhor colheita.




FONTE: Pr. Carlos de Jesus




~~~~~~~~~~~

@@@@@@@@@

********

~~~~~~