quarta-feira, 3 de novembro de 2010


Esperando em Deus

Texto – Salmo 62: 5-7


INTRODUÇÃO


1. Nessa vida precisamos manter a esperança.

- Com ela os nossos sonhos se tornam algo que vale a pena lutar. A esperança nos dar propósito naquilo que fazermos.

- Todavia, alguém pode viver sem propósito se aquilo que faz não lhe dar esperança de dias melhores.

2. A esperança precisa ser posta naquilo em que podemos estar seguros.

- Esperança sem certeza é utopia. Muitos de nós vivemos uma utopia por que confiamos na riqueza, nos homens e tantos outros que não podem nos garantir o que o nosso coração almeja.

3. Os cristãos mantêm sua esperança em Deus. Ele é a verdade. Só nele a nossa alma espera segura.

Então, de que forma podemos manter a nossa esperança em Deus?
O salmista Davi nos mostra algumas atitudes que precisam ser tomadas por quem deseja permanecer firme no Senhor.

Em primeiro lugar precisamos:

I. Manter a esperança exclusivamente em Deus.

1. O salmista encontrou consolo unicamente em Deus (“Somente em Deus...” v.5; v. 6 “Só ele...”; v. 7 “De Deus...”).

- Deus é a fonte segura de confiança do seu povo. Não podemos dividir seu auxílio com as nossas forças. As expectativas dos cristãos devem estar todas em Deus.

2. Ninguém poderia dar a Davi uma segura esperança.

- A sua alma descansava em Deus e nele estava depositada toda a sua expectativa (“... porque dele vem a minha esperança” v.5).

Ilustração:

Abraão e Ana esperaram exclusivamente no Senhor – embora Abraão tenha se adiantado aos planos de Deus, tendo um filho com Agar.

Em segundo lugar, além depositar em Deus toda nossa esperança precisamos:

II. Nutrir as expectativas com aquilo que Deus é.

1. O salmista lembra a si mesmo quem é o seu Deus (“Só ele é a minha rocha, e a minha salvação, e o meu refúgio...” v. 6).

- Em Deus estava sua firmeza, sua libertação, sua proteção. Esses são privilégios das qualidades inerentes ao relacionamento dos cristãos e o seu Senhor.

- Quem deseja manter sua esperança no Senhor precisa conhecê-lo intimamente.

2. Os atributos de Deus lhe davam confiança a ponto de lhe fazer inabalável (“... jamais serei abalado” v. 6).

- A esperança do cristão vem daquilo que Deus é para ele.

- O relacionamento que possuímos com Deus nos torna confiantes do seu auxílio.

Por fim, para mantermos a nossa esperança em Deus precisamos:

III. Confiar no seu agir soberano.

1. Davi sabia que a sua honra e a sua salvação dependiam da vontade de Deus (“De Deus depende...”v. 7).

- A salvação era uma questão de escolha divina e não sua. O modo de Deus agir vai além do que podemos imaginar.

- No entanto, mesmo que não entendamos podemos confiar que ele sempre agirá para o nosso bem (Romanos, 8: 28).

- Quem possui uma firme esperança espera na vontade de Deus e não na sua.

CONCLUSÃO

- Em meio às intempéries que enfrentamos nessa vida, a esperança em Deus é o fundamento que nos firma os pés.

- Portanto, lancemos as nossas vidas nas mãos do Senhor na certeza de que, independente das dificuldades, sempre teremos a esperança em seu cuidado. Amém!

Fonte: Leonardo J. N. Félix /
http://sermoes1.blogspot.com/2010/08/esperando-em-deus.html





++++++++++++++

+++++++++++++

++++++++++++

+++++++++++

++++++++++

++++++++

++++++

Nenhum comentário:

Postar um comentário