segunda-feira, 13 de setembro de 2010


MONTE MORIÁ

TEXTO: GÊNESIS 22:1-3; 9-14

"Sucedeu, depois destas coisas, que Deus provou a Abraão, dizendo-lhe: Abraão! E este respondeu: Eis-me aqui. Prosseguiu Deus: Toma agora teu filho; o teu único filho, Isaque, a quem amas; vai à terra de Moriá, e oferece-o ali em holocausto sobre um dos montes que te hei de mostrar. Levantou-se, pois, Abraão de manhã cedo, albardou o seu jumento, e tomou consigo dois de seus moços e Isaque, seu filho; e, tendo cortado lenha para o holocausto, partiu para ir ao lugar que Deus lhe dissera... Havendo eles chegado ao lugar que Deus lhe dissera, edificou Abraão ali o altar e pôs a lenha em ordem; o amarrou, a Isaque, seu filho, e o deitou sobre o altar em cima da lenha. E, estendendo a mão, pegou no cutelo para imolar a seu filho. Mas o anjo do Senhor lhe bradou desde o céu, e disse: Abraão, Abraão! Ele respondeu: Eis-me aqui. Então disse o anjo: Não estendas a mão sobre o mancebo, e não lhe faças nada; porquanto agora sei que temes a Deus, visto que não me negaste teu filho, o teu único filho. Nisso levantou Abraão os olhos e olhou, e eis atrás de si um carneiro embaraçado pelos chifres no mato; e foi Abraão, tomou o carneiro e o ofereceu em holocausto em lugar de seu filho. Pelo que chamou Abraão àquele lugar Jeová-Jiré; donde se diz até o dia de hoje: No monte do Senhor se proverá."


- O "Monte Moriá" que será objeto da nossa meditação, marcou profundamente a vida de Abrão, o pai da fé. Foi também no Monte Moriá que Salomão edificou ao Senhor o majestoso templo.

"Então Salomão começou a edificar a casa do Senhor em Jerusalém, no monte Moriá, onde o Senhor aparecera a Davi, seu pai, no lugar que Davi tinha preparado na eira de Ornã, o jebuseu." (II Crôn. 3:1)

- Hoje, ali no mesmo local está uma mesquita muçulmana, a famosa Mesquita de Omar, e sua cúpula dourada.

- Mas, destaque maior deste "monte", e que nos traz preciosas lições, é a profunda e dolorosa provação de Abraão, que foi convocado pelo Senhor a oferecer o seu próprio filho, o seu único filho Isaque, o filho da promessa, em sacrifício.

- Gênesis 22:2: "Prosseguiu Deus: Toma agora teu filho; o teu único filho, Isaque, a quem amas; vai à terra de Moriá, e oferece-o ali em holocausto sobre um dos montes que te hei de mostrar"

E o verso 3 diz: Levantou-se, pois, Abraão...e partiu para ir ao lugar que Deus lhe dissera".

I – SUBINDO O MONTE MORIÁ - PROVAÇÃO

- O Monte Moriá passou a representar para nós, um lugar de provação, visto que Abraão sofreu um das mais difíceis provas que um ser humano pode passar – abrir mão do seu próprio filho, do seu único e tão amado filho, para sacrificá-lo em holocausto.

- Nesta noite, subir o Monte Moriá é, para nós, sinônimo de "provação", prova difícil como prova de fogo, onde o ouro é purificado. Cada um de nós tem o seu próprio Monte Moriá.

Por que teria Deus trazido esta tão dura prova a Abraão?

Por que todos os grandes homens da Bíblia foram duramente provados?

1) Qual foi o Monte Moriá de Moisés?

- Moisés foi provado – Depois de 40 anos de lutas e vitórias e profundas experiências no deserto rumo à tão desejada "terra que emana leite e mel", ao chegar na divisa Deus lhe diz: "Eu te fiz vê-la com os teus olhos, porém para lá não passarás" (Deut. 34:4)

- Como é difícil "renunciar" coisas tão preciosas; algo que queremos muito!
- Moisés foi capaz de abrir mão deste privilégio porque via muito além! Via a eternidade! A Canaã celeste!

2) Qual foi o Monte Moriá de José?

- Quanto sofreu José nas mãos de seus irmãos, sendo vendido como escravo para o Egito!

- Quanto sofreu José nas mãos daquela mulher vulgar e mentirosa, a mulher de Potifar, lançado no fundo do cárcere, sendo inocente, reto!!

3) Qual foi o "Monte Moriá" de Elias?

Poderoso profeta, que desafiou em nome do Senhor os profetas de Baal...mas que sofreu nas mãos de Jezabel, mulher cruel e ímpia, que o perseguiu e lhe fez guerra sem cessar...

4) Qual foi o "monte Moriá" de Paulo, apóstolo dos gentios, pregador destemido, anunciador ousado das Boas Novas?

- Duramente esbofeteado por um espinho na carne que o fazia sofrer e gemer!

- Todos esses homens fiéis subiram o monte da provação, mas no topo da provação encontraram a provisão

II – ESTANDO NO MONTE MORIÁ – PROVISÃO

- Abraão sobe o duro e penoso Monte Moriá, levando o seu maior tesouro, sua esperança, seu único filho para ser sacrificado!

"Prosseguiu Deus: Toma agora teu filho; o teu único filho, Isaque, a quem amas; vai à terra de Moriá, e oferece-o ali em holocausto sobre um dos montes que te hei de mostrar"

- Ali estava o filho da sua velhice! Nele se cumpriria a promessa: Fazer dele, Abraão, uma grande Nação; como as estrelas do céu...

- Mas, naquele momento de provação, parecia que todas as estrelas desabavam do céu!

- A dura experiência de se perder um filho

- Temos muitos casos, e muito têm trilhado este monte terrível, mas nenhum comparado ao sofrimento de Abraão.

- Jó perdeu, não um filho, mas todos – Dura prova, mas não havia opção; era um fato.

- Davi perdeu seu filho Absalão na guerra. Tanto pais choram até hoje a perda de seus filhos na violência das guerras.

- Tantos pais perdem seus filhos em acidentes trágicos! E quantas vidas são ceifadas pela enfermidade!

- Mas, para Abraão Deus não apenas pediu o seu filho em sacrifício, mas também que Abraão mesmo o executasse! Ele próprio deveria ser o arquiteto do sofrimento e angústia do filho!

- Ele decidiu obedecer!!

- Renunciar seu maior tesouro! Abrir mão da sua maior esperança; renunciar seu próprio filho!

- Isto é Moriá!! Colocar no altar o seu "Isaque". Algo ou alguém que lhe seja muito precioso...e deixá-lo no altar do Senhor!

- Estando no Moriá, no seu tôpo, você experimentará, com certeza, a provisão de Deus... e o seu monte da provação se tornará em monte da provisão.

"Então disse o anjo: Não estendas a mão sobre o mancebo, e não lhe faças nada; porquanto agora sei que temes a Deus, visto que não me negaste teu filho, o teu único filho. Nisso levantou Abraão os olhos e olhou, e eis atrás de si um carneiro embaraçado pelos chifres no mato; e foi Abraão, tomou o carneiro e o ofereceu em holocausto em lugar de seu filho." (Gênesis 22:12-13)

- Todos os servos de Deus que subiram o monte da provação encontraram, no tôpo, a provisão.

- Moisés não entrou na terra de Canaã mas, sepultado pelo próprio Deus, foi levado à Canaã celestial, onde não há mais noite, nem dor, nem lágrima, nem morte.

- José é levantado do cárcere da humilhação para o trono do Egito

- Paulo faz do seu espinho motivo de glória porque, de fato, a graça do Senhor lhe bastava!

- Abraão, disposto a oferecer o seu filho em sacrifício, recebe no tôpo do monte o substituto cordeiro, símbolo perfeito do sacrifício de Cristo na cruz, em nosso lugar. "Eis o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo" João 1:39.

III – DESCENDO O MONTE MORIÁ - GLORIFICAÇÃO

"Pelo que chamou Abraão àquele lugar Jeová-Jiré; donde se diz até o dia de hoje: No monte do Senhor se proverá." (Gênesis 22:14)

- Ao subir era "Monte Moriá", ao descer, "Monte Jeová Jiré". Desceu, Abraão, glorificando a Deus e abraçado ao seu filho!

- Quantas vezes queremos a provisão de Deus, mas nos recusamos a subir o monte da provação. Queremos descer o monte da glorificação antes de subir o monte da provação.

Conclusão:

Você está disposto a subir o "Monte Moriá", hoje?

Qual é o seu Isaque, hoje?

Cuidado para não colocá-lo acima da obediência a Deus.

Seu Isaque pode ser um filho, pai, mãe, alguém ou vício, paixão, trabalho, sucesso etc.

Pr.Odilon S.Pereira - Sermão pregado na Primeira Igreja Batista de Santos



=============

++++++++++++++

###############

Nenhum comentário:

Postar um comentário