terça-feira, 13 de julho de 2010


As cinco qualidades
de uma igreja modelo


- A igreja da Tessalônica começou com um chamado especial do Espírito Santo a Paulo: “Passa a Macedônia e ajuda-nos”- Atos 16.9.

- Ao cumprir o chamado, Paulo conhece um povo sedento pelas coisas espirituais e em três finais de semana, planta naquela cidade de pouco mais de 70 mil habitantes uma igreja com características muito interessantes.

- A história da plantação desta igreja está registrada em Atos 17. Tendo que sair às pressas da cidade, Já em Corinto, o apóstolo Paulo, preocupado com aquele povo, envia Timóteo e com o retorno deste, fica muito feliz com os relatos e escreve, aos tessalonicenses, a primeiras das suas cartas às igrejas.

- O que esta nascente igreja Tessalônica tinha de diferente que chamou à atenção do apóstolo?
Vejamos as cinco qualidades de uma igreja modelo, lendo o texto.

Abra a sua bíblia e o seu coração!

1 – IGREJA SALVA.

a) Estar em Deus, Estar em Cristo, estar no Espírito Santo - em plena convicção – v.1

b) Um fé operosa; amor abnegado; firmeza da vossa esperança – v.3

c) Não havia peso morto – pessoas fora da aliança – todos estavam comprometidos com a causa de Cristo;

d) Uma igreja fruto da pregação da cruz (1Co 2.1-5) e com poder do Espírito Santo;

e) As pessoas realmente eram convertidas – livres da idolatria – v.9;

2 – IGREJA SUBMISSSA.

a) Imitava o apóstolo, imitava a Cristo – V.6 – Mime-tai (Mímica)

b) Olhavam para o seu pastor carnal e para Cristo – (1Co 11.1) – Paulo era o modelo a ser seguido;

c) Para atingir esta meta, todos precisamos ser igual a Cristo – Essa é a chave da unidade;

d) Mas a quem você está seguindo?

3 – IGREJA SOFREDORA

a) Não se conforma com os costumes da época – prega a Palavra com poder

b) Isso desperta inveja, confusão, ódio de satanás, levantes, incompreensão – v.5

c) Os que têm transtornado o mundo, chegaram até aqui – Atos 17

d) Uma igreja salva e submissa, inevitavelmente irá sofrer perseguição do mundo – O mundo nos odeia – João 15.18-20

e) Será que somos uma igreja sofredora ou não dá pra notar a distinção entre a igreja e o mundo?

f) Quando uma igreja sofre, ela cresce

4 – IGREJA QUE GANHA ALMAS

a) Em pouco tempo, se torna uma igreja referência para os que estão em redor;

b) A tarefa primária da igreja é o evangelismo e expansão – chegar até os confins da terra; todas as demais coisas, são meios

c) Os crentes devem ser modelos através do testemunho e pregação (eco) – v.7 – em palavra e ação;

4 – IGREJA QUE ESTÁ PREPARADA PARA A VOLTA DE CRISTO

a) Viver na dimensão da volta de Cristo – Se Jesus voltar hoje, você vai ou fica?;

b) A vida dos irmãos da igreja, não pode ter pontos cegos, obscuros, questões mal resolvidas;

c) Igreja que vive em santidade e busca o avivamento, cumprindo os propósitos de Deus para a seu tempo;

d) Uma igreja que ama, e expressa o amor pelos perdidos e pelos outros.

Conclusão:

- A operosidade da Fé, o notável amor e a firme esperança da igreja Tessalônica, a tornaram modelo para as demais igrejas da época e ainda de hoje.

- Até que Jesus volte, e ELE VOLTARÁ, aleluias, a igreja prossegue a sua jornada: “No labor, com fervor, a servir a Jesus.

- Com esperança e fé e com oração, até que volte o Redentor..” vamos cantar de mãos dadas o hino 422 (CC)!

Autor: Pr. Elton Melo


############

++++++++++++

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.