sábado, 31 de julho de 2010


Qualidades

Essenciais

de um Líder



- O modelo de treinamento adotado por Jesus aos discípulos e depois aos discípulos destes, era baseado na experiência prática à partir de princípios aplicados às experiência do dia-a-dia.

- Um dos métodos utilizados é o da resistência (Lc 10:17-24) onde o erro é parte integrante do aprendizado.

- A autoridade e a responsabilidade eram delegadas à medida que os discípulos iam aprendendo. Deus adapta o chamado conforme as características de quem é chamado.

- O texto de 1Tm 3.2-7 relata todas as qualidade que um homem e uma mulher de Deus, quando colocados na liderança devem ter ou buscar.

- Uma vez lider, somos desafiados a desenvolver permanentemente nossos dons e talentos.

Veja quais as principais qualidades que devem ser desenvolvidas pelo líder:

a) DISCIPLINA a disciplina permite conquistar a nós mesmos.

- Discípulo e disciplina vêm da mesma raiz.

- O líder deve aprender a submeter-se voluntariamente a outros e a submeter-se a si mesmo. A autodisciplina só é possível se você é submisso a ser disciplinado.

- Muitos missionários abandonam o campo por ser incapaz de perseverar no propósito. É preciso aprender a obedecer.

- Quem lidera trabalha enquanto outros dormem, não têm hábitos desleixados, e assumem sem relutância tarefas desagradáveis que outros evitam.

- O líder cheio do Espírito Santo não relutará diante dos desafios. Para exercer a disciplina é preciso ter disposição tanto para dar quanto para receber.

b) VISÃO – quem tem visão, vê mais longe que os demais; vê pela fé, deve ser capaz de traduzir os acontecimentos diários numa visão de Deus.

- Quem tem visão consegue falar e descrever aquilo que para os outros é apenas uma miragem distante.

- A visão inclui a previsão e visão interna de si mesmo. O líder precisa ter claro de que maneira as decisões propostas afetarão as gerações presentes e futuras.

- Devemos olhar sempre para o alvo; ao olhar para o alvo, e ainda que as circunstâncias não o apontem, continuar firme. Visão inclui otimismo e esperança.

- Jamais um pessimista tornou-se um líder. O otimista vê uma oportunidade em cada dificuldade.

O homem prudente só tem uma função: ajudar o líder a ser mais realista, sem ser realista demais, evitando matar os sonhos.

- A visão comunica espírito de aventura, correndo riscos calculados, valorizando o passado e percebendo novos horizontes.

c) SABEDORIA – é capacidade de fazer uso do conhecimento. É discernimento espiritual.

- A maioria das pessoas é sábia depois que o evento ocorreu.

- Vemos que a sabedoria foi considerada uma qualidade essencial para a escolha dos apóstolos em Atos 6.3 e Paulo sempre orava para que os crentes fossem cheios de sabedoria (Cl 1:9).

- A sabedoria dá ao líder o equilíbrio necessário e o livra da extravagância e da excentricidade.

d) DECISÃO – a diferença entre um visionário e um líder é sua capacidade de decisão, geralmente, firme e rápida.

- A decisão deve ser baseada em premissas sólidas; ao estar seguro da vontade de Deus, o líder tem coragem suficiente para queimar as pontes atrás de si, com disposição de assumir a responsabilidade pelo sucesso ou pelo fracasso da decisão.

- Abraão e Moisés tomoram grande e irreversíveis decisões.

- O Apóstolo Paulo, logo após sua conversão, faz a primeira pergunta: "que farei, Senhor?" (At 22.10).

- Adiar e vacilar quanto se tem que tomar uma decisão, são fatais a uma liderança.

- Na maioria das decisões o problema fundamental não é tanto o que se deve fazer, mas, estar preparado para viver as conseqüências.

e) CORAGEM – O líder deve ter coragem moral e física, isto é enfrentar a dificuldade sem medo, sem depressão mental e com firmeza.

- Paulo, em 1Co 2.3 e 2Co 7.5, fala das suas fraquezas e das tribulações que enfrentou. A verdade é que todos nós temos medo, razão pela qual a palavra de Deus nos instruir a ter bom ânimo para vencer o mundo. Deus transforma o medroso numa pessoa de coragem, veja João 20.19 e At 4.13.

- A presença do Espírito Santo enche-nos de coragem (2 Tm 1:7); a coragem de um líder se revela quando está disposto a enfrentar condições desagradáveis, sem desesperar e perder a cabeça.

- O rei Ezequias, diante do cerco militar, fez todas as coisas que precisavam ser feitas, mas gastou maior tempo em edificar a moral das pessoas, fortalecendo-os e isso fez a diferença na hora final (2Cr 32:7-8).

f) HUMILDADE – No mundo material não é uma qualidade ambicionada; para Deus, ocupa lugar de destaque.

- O líder deve buscar a aprovação do Senhor e não dos liderados.

- João Batista foi exaltado nos céus por sua declaração em Jo 3:30 (importa que eu diminua para que Ele cresça).

- Essa qualidade deve estar sempre em desenvolvimento.

- Paulo, após 10 anos de conversão, declarava ser o menor dos apóstolos (1Co 15.9); alguns anos depois, declarou ser o menor de todos os santos (Ef 3.8) e no fim da vida, concluiu ser o principal dos pecadores (1Tm 1.15).

g) INTEGRIDADE e SINCERIDADE – Paulo exibiu seus fracassos e seus sucessos e mesmo antes da conversão ele era íntegro naquilo que acreditava e fazia.

- Simplicidade é transparência de caráter e integridade pessoal significa sinceridade em prometer, fidelidade no cumprimento do dever, correção nas finanças, lealdade nos serviços e honestidade na palavra.

Conclusão

: Peçamos a graça e a misericórdia do Senhor para nos capacitar com todos estes dons!


Fonte:
http://www.ibivitoria.org/mt/7.html




::::::::::::::::::::::::::::::

=============

############

sexta-feira, 30 de julho de 2010


Pastores segundo
o coração de DeusReferência: Jeremias 3.15

INTRODUÇÃO
1. A vocação para o pastorado é a mais sublime das todas as vocações. John Jowett no seu livro “O pregador, sua vida e sua obra” diz que vocação é quando todas as outras portas estão abertas, mas você só anseia entrar pela porta do ministério. São algemas invisíveis.

2. Deus chama pessoas diferentes, em circunstâncias diferentes, em idades diferentes para o ministério. Chamou Jeremias no ventre da mãe. Chamou Isaías num momento de crise nacional. Chamou Pedro depois de casado. Chamou Paulo quando este perseguia a igreja.

3. O texto em apreço nos fala que Deus é quem dá pastores à igreja. O pastor não é um voluntário, mas um chamado. O seu ministério não é procurado, é recebido. Sua vocação não é terrena, é celestial. Sua motivação não está em vantagens humanas, mas em cumprir o propósito divino.

4. Vejamos algumas lições desse texto:
I. É DEUS QUEM DÁ PASTORES À SUA IGREJA – V. 15
1. A escolha divina não é fundamentada no mérito, mas na graça

Jeremias era uma criança quando foi chamado. Ele não sabia falar. Foi Deus quem colocou sua Palavra em sua boca. Jonas era um homem que tinha dificuldade em perdoar os inimigos, e Deus o chamou e o enviou a fazer a sua obra, mas contra sua vontade. Paulo se considerava o o menor dos apóstolos, o menor dos santos, o maior dos pecadores, mas Deus o colocou no lugar de maior honra na história da igreja.

Nossa escolha para o serviço e para a salvação não é fundamentada em méritos, mas na graça.
2. É Deus quem coloca os membros no corpo, como lhe apraz

• Todos os salvos têm dons e ministérios no corpo, mas nem todos são chamados para serem pastores. Não somos nós quem decidimos, mas Deus. Quem é chamado para este sublime mister não poder orgulhar-se, porque nada temos que não tenhamos recebido.

II. DEUS DÁ PASTORES À SUA IGREJA – V. 15
1. Deus não apenas chama, mas especifica a missão

• O que é um pastor? O que significa pastorear?

a) Pastorear é alimentar o rebanho de Deus com a Palavra de Deus – Não nos cabe prover o alimento, mas oferecer o alimento. O alimento é a Palavra. Reter a Palavra ao povo de Deus é um grave pecado.

b) Pastorear é proteger o rebanho de Deus dos lobos vorazes – Jesus alertou para o fato do inimigo introduzir os filhos do maligno no meio do seu povo, se a igreja estiver dormindo. Paulo alertou para o fato dos pastores estarem vigilantes para que os lobos vorazes não penetrem no meio do rebanho.

c) Pastorear é gostar do cheiro de ovelha – A missão do pastor é apascentar. O pastor é alguém que convive com ovelha. Está perto. Leva para os pastos verdes as famintas, às águas tranquilas as sedentas, atravessa os vales escuros dando segurança à ovelha, que está insegura carrega a fraca no colo, resgata a que caiu no abismo, disciplina aquela que põe em risco a vida do rebanho.

III. DEUS DÁ PASTORES SEGUNDO O SEU CORAÇÃO – V. 15
1. Deus dá pastores à igreja segundo o seu coração

a) Qual é o perfil de um pastor segundo o coração de Deus:

1) É um pastor que temconsciência de que Deus o chamou não governar o povo com rigor, mas para cuidar do seu povo;

2) É um pastor que cuida da sua própria vida, antes de cuidar do povo de Deus. Ele prega a si mesmo, antes de pregar ao povo. Sua vida é o seu mais eloquente sermão.

3) É um pastor que é exemplo vida, piedade para o seu próprio rebanho. Ele nada considera a vida preciosa para si mesmo para velar pelo rebanho. Ele dá a sua vida pelo rebanho.

4) É um pastor que pastoreia TODO o rebanho: as ovelhas dóceis e as indóceis.

5) É um pastor que compreende que a igreja é de Deus e não dele. Deus nunca nos passou procuração para sermos donos do rebanho. A igreja é de Deus.

6) É um pastor que compreende que a igreja custou muito caro para Deus, o sangue do seu Filho. A igreja é a Noiva do Filho de Deus. A igreja é a Menina dos Olhos de Deus. Ele tem zelo pela igreja.

IV. A EXCELÊNCIA COM QUE O PASTOR DEVE EXERCER O SEU PASTORADO – V. 15
1. O pastor deve apascentar o rebanho de Deus com conhecimento

O pastor é um estudioso. Ele deve ser um erudito. Ele precisa conhecer a Palavra, alimentar-se da Palavra e pregar a Palavra.

Paulo diz que deve ser considerado digno de redobrados honorários aqueles que se afadigam na Palavra. Precisamos estudar até à exaustão.

Precisamos cavar e oferecer ao povo de Deus as insondáveis riquezas de Cristo. Somos mordomos: precisamos oferecer um cardácio apetitoso, balanceado.

As cátedras seculares envergonham os púlpitos. Precisamos nos apresentar como obreiros aprovados. Precisamos realizar o ministério com um padrão de excelência.

2. O pastor deve apascentar o rebanho de Deus com inteligência

Inteligência significa com sabedoria, com sensibilidade. Sabedoria é usar o conhecimento para os melhores fins. Precisamos tratar as ovelhas de Deus com ternura. Paulo diz que o pastor é como um Pai e também como uma Mãe.

O pastor chora com os que choram e festeja com os que estão alegres.

O pastor é trata cada ovelha de acordo com sua necessidade, com seu temperamento, com seu jeito peculiar de ser. Ele é dócil com as crianças como Jesus que as pegou no colo. Ele trata os da sua idade como irmãos e aos mais velhos como a pais.

Uma coisa é amar a pregação, outra coisa é amar as pessoas para quem pregamos.
CONCLUSÃO

1. Hoje, comemoramos o aniversário do nosso querido pastor Aubério. Agradecemos a Deus pela sua vida, amizade, carinho, amor e pastoreio a esse precioso rebanho.

2. Parabenizamos você pelo seu dia. Que você continue sendo um pastor segundo o coração de Deus, que apascenta o rebanho de Deus com conhecimento e inteligência. Amém!
Autor: Rev. Hernandes Dias Lopes



++++++++++++++

==============



::::::::::::::::::::::::::

#############

quinta-feira, 29 de julho de 2010


JESUS QUER TE

ENCONTRAR PARA TE

DAR ESPERANÇA!

Ef 1.18-19; Jr 29.11; Lc 19.10; Ef 2.12; Mt 28.18 e 20b.



Deus tem uma Palavra de esperança para o seu coração nessa noite!

Tanto na série televisiva como na vida real as pessoas estão sobrevivendo...

- PERDIDAS: Mt 15.24.
E respondeu Jesus: “Eu fui enviado apenas às ovelhas perdidas de Israel".

Por isso Jesus deseja encontrá-las!

- ABATIDAS: II Co 7.6
“Deus, porém, que consola os abatidos.”

Por isso Jesus deseja encontrá-las!

- PRESSIONADAS: II Co 4.8
“De todos os lados somos pressionados,”

Por isso Jesus deseja encontrá-las!


- PERSEGUIDAS: II Co 4.9
“Somos perseguidos, mas não abandonados;”

Por isso Jesus deseja encontrá-las!

- OPRIMIDAS: At 10.38
“E como ele andou por toda parte fazendo o bem e curando todos os oprimidos pelo Diabo, porque Deus estava com ele.”

Por isso Jesus deseja encontrá-las!

- DESESPERANÇADAS: I Cr 29.15
“Os nossos dias na terra são como uma sombra, sem esperança.”

Por isso Jesus deseja encontrá-las!

O mundo e o diabo estão tirando o que as pessoas ainda tem de melhor: A capacidade de ter esperança!

- E você, como está vivendo?

- Existe uma relação parecida entre aqueles sobreviventes e sua vida hoje?
- Você também está vivendo assim?

Então, infelizmente, você está apenas sobrevivendo. Existe uma grande diferença entre apenas existir e viver de verdade.

Você precisa descobrir o sentido real da vida. Por que você está aqui? Se encontrando com Jesus você vai descobrir, porque só ele é...

“O Caminho, a Verdade e a Vida” – Jo 14.6

Apenas sobrevivendo sem perspectiva, sem valores, vulnerável a ação do inimigo, tenso, com medo de morrer? Então você veio ao lugar certo, e não precisa mais ficar perdido! Porque hoje você pode sair daqui revertendo este quadro cheio de alegria.

Porque...

NINGUÉM PERMANECE MAIS O MESMO DEPOIS QUE SE ENCONTRA COM JESUS!


- Desejo compartilhar com você o exemplo de 5 pessoas na Palavra que tiveram suas vidas mudadas, transformadas, cheias de alegria, porque um dia se encontraram com Jesus.

Deixe Jesus te encontrar também!!!

- Vamos ler juntos: Lc 24.36-51.

- Este texto descreve um grande encontro de Jesus ressurreto com seus discípulos. A Bíblia relata que Jesus apareceu após sua ressurreição 11 vezes a indivíduos e a grupos.

- Como nos dias de hoje, depois que Jesus partiu, o que mais ficou em jogo, foi a esperança dos seus discípulos.

- Os discípulos receberam a missão de evangelizar o mundo, levando as boas novas a todos os povos da terra. Batizando almas, integrando-os à igreja de Cristo e ensinando-os a viver a semelhança do Mestre, e para reafirmar isso, Jesus reaparece e diz que, após sua ressurreição, estaria com eles para cumprirem essa missão, justamente para reforçar suas esperanças.

SEMPRE QUE JESUS NOS ENCONTRA, ELE NOS TRAZ ESPERANÇA!

- Creia, hoje pode acontecer a mesma coisa contigo!

1. JESUS DESEJA TE DAR ESPERANÇA ATRAVÉS DA SUA PAZ: v. 36

“Enquanto ainda falavam nisso, o próprio Jesus se apresentou no meio deles, e disse-lhes: Paz seja convosco.”

(João nos dá o detalhe de que isso aconteceu ao cair da tarde de um domingo) – Jo 20.19

Jesus é o príncipe da paz! É toda encarnação da paz. E quem se encontra com Jesus recebe essa paz.

Disse: “Paz seja convosco” É promessa dele. Um crente precisa viver em paz e promover a paz.

A promessa de paz continua:

“...eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos.” - Mt 28.20b.

2. JESUS DESEJA TE DAR ESPERANÇA ATRAVÉS DA FÉ: v. 38

“Ele, porém, lhes disse: Por que estais perturbados? e por que surgem dúvidas em vossos corações?”

- Se você não praticar sua fé e não exercê-la, certamente que as dúvidas inundarão o seu coração. Cristo não deseja ver nossa fé, a qual pagou tão caro com sua própria vida, trancada em casa. Ele quer ver essa fé sendo exercida no meio dos incrédulos!

Mt 28.17 - “Alguns adoraram e alguns duvidaram”

- Quem já se encontrou com Jesus tem provas de que, Ele vive e suas Palavras são verdadeiras.

- O problema é que o mundo está tão incerto, confuso, tenso, com medo e sem esperança, que isso acaba invadindo a sua vida e sua casa também. Esse mal é contagioso.

3. JESUS DESEJA TE DAR ESPERANÇA ATRAVÉS DA SUA PALAVRA: vs. 44-45

“Depois lhe disse: São estas as palavras que vos falei, estando ainda convosco, que importava que se cumprisse tudo o que de mim estava escrito na Lei de Moisés, nos Profetas e nos Salmos.....Então lhes abriu o entendimento para compreenderem as Escrituras”

- O discípulo de Cristo, lê e entende as Escrituras, porque o Senhor Jesus nos abriu o entendimento para isso.

- Quem já se encontrou com Jesus passa a conhecer sua Palavra. Você nunca vai entender plenamente a Palavra se não arrepender-se dos seus pecados, abrir o seu coração para se encontrar e aceitar Jesus.

4. JESUS DESEJA TE DAR ESPERANÇA ATRAVÉS DO SEU PODER: vs. 49

v. 49 - “E eis que sobre vós envio a promessa de meu Pai; ficai porém, na cidade, até que do alto sejais revestidos de poder.”

- Poder com propósito. Não é poder para adivinhar, para ficar rico, para ser espiritualista, mas poder para PREGAR, para PROCLAMAR a mensagem de Deus.

- Não é poder simplesmente para exorcizar demônios, porque isso não é prova de pessoas que estão cheias do PODER de Deus.

“Quando aquele Dia chegar, muitos vão me dizer: "Senhor, Senhor, pelo poder do seu nome anunciamos a mensagem de Deus e pelo seu nome expulsamos demônios e fizemos muitos milagres!" - Mt 7.22 BLH

É o poder para mudar sua vida. É o poder da cruz, o poder da ressurreição!

5. JESUS DESEJA TE DAR ESPERANÇA ATRAVÉS DA SUA BÊNÇÃO: vs. 50 e 51.

“Então os levou fora, até Betânia; e levantando as mãos, os abençoou....E aconteceu que, enquanto os abençoava, apartou-se deles; e foi elevado ao céu.”

- Ele foi mas deixou sua onipresença e sua Bênção entre nós! Somos um povo abençoado.

- Jesus abençoou crianças, mulheres, enfermos, gente rica, gente pobre, judeus e gentios, abençoou seus amigos, seus parentes e muitos desconhecidos, Jesus veio para abençoar VOCÊ!

- Ele veio aqui na terra justamente para isto.

- Está Escrito: “Pelo Deus de seu pai, que ajuda você, o Todo-poderoso, que o abençoa com bênçãos dos altos céus, bênçãos das profundezas, bênçãos da fertilidade e da fartura.” Gn 49.25

E a maior bênção é a bênção da tua salvação eterna!

• Conclusão:

- Você quer que sua vida seja transformada? Encontre-se com Cristo agora!

- Você deseja paz? Você deseja uma vida de fé?

- Você quer conhecer a Bíblia? Você quer poder para testemunhar?

- Você quer a bênção Dele em sua vida?

DEIXE JESUS TE ENCONTRAR NESSA NOITE!

Davi disse: “Coloquei toda minha esperança no SENHOR; ele se inclinou para mim e ouviu o meu grito de socorro.” Sl 40.1

Você deseja fazer o mesmo?

Abra os braços e encontre-se com Cristo hoje! Ele vivo está entre nós!


AUTOR: Pr. Carlito Paes



===============

++++++++++++++

::::::::::::::::::::::::::::



Recebendo Uma
Nova Chance

- I Reis 21:25 e 27-29

Você já desperdiçou alguma oportunidade em sua vida?
- O texto que nós lemos fala de um momento de Acabe, um dos reis de Israel, com Deus.

- Acabe foi um dos reis mais infiéis de Israel. Ele fez tanta coisa errada que acabou se tornando referência de abominação e infidelidade para com Deus (II Reis 8:27).

- Acabe comete tantos pecados, desagrada tanto a Deus, que a Bíblia diz que nunca houve ninguém que se vendeu tanto para fazer o mau como ele, por isso Deus resolve puni-lo e manda o profeta Elias falar isso a ele.

- Quando Acabe ouve as palavras de juízo que Deus mandou o profeta dizer, ele se humilha diante de Deus.

- Deus vê a atitude de Acabe e retira seu juízo, dando a Acabe uma nova chance, mas Acabe não aproveita, faz o que é errado de novo e acaba morrendo, o juízo de Deus se cumpre.

- Nós também erramos, pecamos e fazemos muitas coisas que desagradam a Deus, tudo isso faz com que acumulemos juízo sobre nossas vidas e um dia colheremos o fruto de nossas escolhas e atitudes. Como Acabe nós podemos ter uma nova chance antes que isso aconteça.

- Você gostaria de ter uma nova chance para uma vida abençoada? - Ter uma vida com a bênção de Deus? Se sim, o que você precisa para isso é:

1) Admitir seu pecado e confessar.

- Esse é o primeiro passo que devemos dar em direção ao perdão de Deus e a uma nova chance, o reconhecimento da nossa condição de pecadores, de pessoas que fazem coisas que desagradam a Deus.

- Você quer que Deus lhe dê uma nova chance? Admita seu pecado.

2) Arrependa-se de seus pecados.
- Existem pessoas que até admitem as coisas erradas que fazem, mas dizem que não se arrependem de nada do que fizeram. Isso demonstra um orgulho besta.

- Só reconhecer não basta, precisamos estar arrependidos de nossos pecados e estar dispostos a mudar.

- Você quer uma vida diferente? Deixe o orgulho de lado e arrependa-se de seus pecados.
3) Mude sua atitude. Mude o rumo de sua vida.
- Procure conhecer a vontade de Deus e fazer o que Deus quer.

- A Bíblia diz que vencemos o mal com o bem (Romanos 12:21).

- Procure mudar sua atitude de acordo com a vontade de Deus e ao invés de desobedecer a Deus passe a obedecê-lo.

- Você quer uma vida verdadeiramente abençoada por Deus? Mude sua atitude.
Conclusão:
- Você quer aproveitar a oportunidade que Deus te dá hoje?

- Quer aproveitar essa chance para uma vida abençoada?

Levante a mão, vamos orar.



Fonte:
http://www.imm.com.br/celulas01.php?cod=86



==============

+++++++++++++



::::::::::::::::::::::::

============

quarta-feira, 28 de julho de 2010


JESUS ESTÁ
NO BARCO?

Texto: Lucas 5:1-11



Introdução:

- O que é fracasso para você?

- Se perguntar para um Engenheiro é construir; e sua obra ruir.

- Se perguntar para um centroavante de futebol ele responderá ficar na reserva sem nunca ter marcado um gol.

- No entanto um fracasso pode-se tornar um degrau para o sucesso. Um incidente na vida de Pedro ilustra muito bem essa verdade extraordinária.
Entendo que há momentos na vida que até os melhores falham.

- No dia seguinte os discípulos lavavam as redes na praia sentido-se cansados e desanimados. Naquele momento Jesus se aproximou deles e disse: Pedro eu gostaria de usar seu barco para eu pregar. Naquele ínterim Simão deixou Jesus entrar e levou o barco para um pouco mais longe da margem, de onde Jesus pudesse falar para a multidão na praia.
Após terminar sua mensagem, Jesus disse aos seus discípulos: vamos pescar, vamos para águas mais profundas, também disse aos outros, lancem as redes para a pesca.

- O que esta historia nos ensina sobre o fracasso?

- Jesus nunca realizou um milagre sem um propósito, ele sempre utilizou os milagres para ilustrar princípios. incidente revela-nos o que fazer quando nosso melhor não é suficiente.

- Este incidente revela-nos o que fazer quando nosso melhor não é suficiente.

- Ha momentos em que você da o melhor de si, e ainda fica longe do alvo, você estuda com dedicação para uma prova, e tira apenas um 3.

- A parte mais interessante do episódio é a comparação entre as duas pescarias. Os discípulos haviam trabalhado a noite toda sem apanhar nada, mais tarde, porém eles pescaram por dez minutos e pegaram tantos peixes como nunca, era o mesmo lago, o mesmo barco, as mesmas redes e os mesmos pescadores, então o que fez a diferença?

- De fato há 3 diferenças entre as duas pescarias, e essas diferenças nos ensinam os princípios que devemos seguir quando nossos melhores esforços terminam em fracasso.

- Antes de mais nada você precisa entender que Deus está interessado em seu sucesso, ele não deseja vê-lo fracassar.

Vejamos o primeiro passo para vencer o fracasso.

1. Queira a presença de Jesus em sua vida. v.3

- A presença de Cristo fez uma grande diferença! Desta vez os discípulos não estavam pescando sozinho, Jesus estava com eles, em outras palavras; Jesus precisa estar em seu barco.

- Na vida de Simão o barco representava sua subsistência.

- Deus tem acesso ao seu trabalho?

- Seu negocio? Estás à disposição de Deus se ele precisar?

- Quando Jesus esta no barco, sua presença elimina o medo do fracasso e reduz nossa preocupação com os resultados, quando Simão obedeceu e aceitou a companhia do mestre os resultados foram incríveis.

2. Obedeça o plano de Deus. v.4

- Quando os discípulos foram pela segunda vez; pescaram sob a direção de Cristo.

- Se Cristo está dirigindo sua vida, não há como fracassar, porque Deus não patrocina fracasso.

- Há um segredo para conquista; Jesus pediu para Simão afastar um pouco da praia?

- Acredito que seja porque os peixes maiores estão em águas profundas, em águas rasas só se pega lambari e peixes pequenos. Saia da margem não aceite uma vida rasa, sem profundidade, não aceite o fracasso, vá com Jesus para águas profundas.

- Quando Deus trabalha em nossa vida, sempre há um risco envolvido, porque Deus quer que vivamos pela fé.

- Na margem você vê apenas o racional em águas profundas você presencia o sobrenatural.

- Descanse em Deus espere ele agir, não precisa questionar reclamar; a qualquer momento o milagre vai acontecer.

- Os peixes sabiam a rede exata, a hora exata de morderem a isca.

- O homem diz à noite é melhor para pescar, ai Jesus diz vamos pescar de dia. Deus não depende da lógica humana para superar os fracassos da vida.

- Para superarmos o fracasso devemos nos apoderar das promessas de Deus, o que ele falou esta falado, não questione o resultado antes e sim Agradeça.

3. A benção que Deus tem não é apenas para você; será compartilhada para os outros. v.7

- Eu profetizo que a sua rede vazia ficará cheia, prepare-se para puxar, já dá para sentir o peso.

- Todo homem bem sucedido ele nunca pensa em si próprio, ele procura compartilhar com outros.

- O milagre será maior do que você pode imaginar.

4. Tente mais uma vez agora com Cristo.

- Não permita que o desanimo venha impedir o sobrenatural na sua vida.

- O segredo para superar o fracasso esta relacionado com persistência.

- Imagine se Simão tivesse contestado, duvidado, reclamado, certamente ele perderia o milagre.

Conclusão:

Jesus está no barco? Então se prepare para as vitórias...

FONTE:
http://opregadorfiel.blogspot.com/2010/07/jesus-esta-no-barco.html



============

::::::::::::::::::::::



:::::::::::::::::::::::::::

=============

++++++++++++



Precisa de Ajuda ?


Quebra-gelo: Você tem alguma dificuldade em obedecer a ordens? Qual é a dificuldade?

Textos: Marcos 10:17-22 e João 9:6-7.

Introdução:

- Quase todas as pessoas têm questões que gostariam de ver respondidas ou problemas que gostariam de ver solucionados. Algumas delas se transformaram até motivo de brincadeira como com quem Caim casou, ou como quando os problemas persistem e se diz para louvar a Deus porque sempre pode piorar.

- O fato é que ao longo da vida muitas vezes precisamos de ajuda para receber as respostas que precisamos para as nossas questões ou problemas.

- Os textos de Marcos 10 e João 9 nos mostram duas situações em que as pessoas encontraram em Jesus as respostas que procuravam; um encontrou a solução para a cegueira de nascença e o outro a resposta para a pergunta sobre o que devia fazer para herdar a vida eterna. Mesmo os dois tendo recebido a resposta só o cego recebeu a cura. Por quê?

Jesus sempre está disposto a ajudar aqueles que lhe procuram sincera e humildemente.

Para recebermos o que buscamos precisamos:

1) Ir ao lugar certo.

- As pessoas, nos textos, receberam as respostas que precisavam porque foram ao lugar certo, foram a Jesus.

- Muitas vezes vamos a muitos lugares procurando ajuda, mas não recebemos.

- Você precisa de ajuda? Vá a Jesus.

2) Dar atenção ao que Jesus nos diz.

- Não basta ir a Jesus se não damos atenção àquilo que Ele tem nos falado.

- Hoje muitas pessoas têm procurado as coisas de Deus para receberem auxílio, mas não dão muita atenção ao que tem sido ensinado.

- Se quisermos ajuda temos que ouvir o que Jesus tem falado.

- Você tem ouvido Jesus falando a você (a célula é um dos meios pelos quais Deus fala)? Então dê atenção.

3) Fazer o que Ele manda.

- Os dois jovens receberam orientações de Jesus sobre o que deviam fazer para receber o que buscavam, o que obedeceu a Jesus recebeu.

- Você quer receber a ajuda de Jesus? Faça o que Ele tem mandado.

Conclusão:

- Você precisa de ajuda? Jesus deseja te ajudar, mas é preciso fazer o que Ele manda.

- Você está disposto a isso?

- Quer receber a ajuda de Jesus? Levante a mão, vamos orar.


Fonte:
http://www.imm.com.br/celulas01.php?cod=7



=============

#############

+++++++++++++


terça-feira, 27 de julho de 2010


OS SINAIS

QUE CONFIRMAM

A LEGITIMIDADE

DO NOSSO CHAMADO



TEXTO:

I Sm 10:1 “Tomou Samuel um vaso de azeite, e lho derramou sobre a cabeça, e o beijou, e disse: Não te ungiu, porventura, o SENHOR por príncipe sobre a sua herança, o povo de Israel?2 Quando te apartares, hoje, de mim, acharás dois homens junto ao sepulcro de Raquel, no território de Benjamim, em Zelza, os quais te dirão: Acharam-se as jumentas que foste procurar, e eis que teu pai já não pensa no caso delas e se aflige por causa de vós, dizendo: Que farei eu por meu filho?
3 Quando dali passares adiante e chegares ao carvalho de Tabor, ali te encontrarão três homens, que vão subindo a Deus a Betel: um levando três cabritos; outro, três bolos de pão, e o outro, um odre de vinho. 4 Eles te saudarão e te darão dois pães, que receberás da sua mão. 5 Então, seguirás a Gibeá-Eloim, onde está a guarnição dos filisteus; e há de ser que, entrando na cidade, encontrarás um grupo de profetas que descem do alto, precedidos de saltérios, e tambores, e flautas, e harpas, e eles estarão profetizando. 6 O Espírito do SENHOR se apossará de ti, e profetizarás com eles e tu serás mudado em outro homem. 7 Quando estes sinais te sucederem, faze o que a ocasião te pedir, porque Deus é contigo”.

INTRODUÇÃO:

- Todo chamado é seguido de sinais.

- Os sinais são símbolos proféticos que confirmam a legitimidade do chamado.

- Os sinais também têm o propósito de: motivar-nos, aumentar a nossa fé e confiança, despertar e fortalecer a nossa esperança e nos manter na rota do cumprimento do nosso chamado.

A FIGURA DOS TRES SINAIS NO CHAMADO DE SAUL

1 - Quebrando os paradigmas e rompendo com o paternalismo.

A) Os paradigmas são padrões psicológicos que criamos e estabelecemos como regras para a vida toda.

- Estes são símbolos de uma única referencia que temos tido e experimentado a vida inteira e não estamos dispostos a mudar.

- V 2 “Quando te apartares, hoje, de mim, acharás dois homens junto ao sepulcro de Raquel, no território de Benjamim, em Zelza, os quais te dirão: Acharam-se as jumentas que foste procurar, e eis que teu pai já não pensa no caso delas e se aflige por causa de vós, dizendo: Que farei eu por meu filho?”.

- Os benjamintas eram descendentes de Raquel e a tinham por mãe. Em seu sepulcro existia uma coluna levantada por Jacó e os benjamintas viviam em redor daquela coluna em Zelza (sombra) e a mantinham como referencia. Era o seu ponto “turístico” (Gn 35:17 “Em meio às dores do parto, disse-lhe a parteira: Não temas, pois ainda terás este filho. 18 Ao sair-lhe a alma (porque morreu), deu-lhe o nome de Benoni; mas seu pai lhe chamou Benjamim. 19 Assim, morreu Raquel e foi sepultada no caminho de Efrata, que é Belém. 20 Sobre a sepultura de Raquel levantou Jacó uma coluna que existe até ao dia de hoje”).

B) Precisamos romper com o paternalismo absoluto, humano e materialista para experimentarmos o melhor de Deus para nós.

- “... Acharam-se as jumentas que foste procurar, e eis que teu pai já não pensa no caso delas e se aflige por causa de vós, dizendo: Que farei eu por meu filho?”.

- Muita gente não rompe na vida ou ministério porque não deixou o “colo” dos pais, ou porque os pais ou líderes espirituais não os deixaram crescer. Acham que terão que protegê-los sempre; precisam sempre estar por perto; exercem uma forte influência sobre eles porque são super protetores.

- Enquanto a visão de Deus sobre isso é diferente: (Gn 12:1 “Ora, disse o SENHOR a Abrão: Sai da tua terra, da tua parentela e da casa de teu pai e vai para a terra que te mostrarei; 2 de ti farei uma grande nação, e te abençoarei, e te engrandecerei o nome. Sê tu uma bênção”). Deus é pai, mas não é paternalista. Ele nos incentiva a irmos em busca do que queremos. Somos condutores das promessas de Deus.

2 - Adequando a nossa vida aos padrões de Deus.

A) O nosso estilo de vida precisa passar por uma reforma se quisermos aperfeiçoar o chamado de Deus para nós.

- Saul precisou adequar sua nova vida aos padrões de Deus para poder governar. Ele passou de boiadeiro (vaqueiro) para adorador.

- Vs. 3,4 “Quando dali passares adiante e chegares ao carvalho de Tabor, ali te encontrarão três homens, que vão subindo a Deus a Betel: um levando três cabritos; outro, três bolos de pão, e o outro, um odre de vinho. 4 Eles te saudarão e te darão dois pães, que receberás da sua mão”.

- Este sinal era uma confirmação desta mudança de vida e visão. Os elementos aqui indicam uma forma de vida, diferente da que ele estava acostumado levar.

1 - Os cabritos eram para ofertas de sacrifício. Até então ele somente cultivava os seus bois para comercializar, mas agora ele deveria aprender a ofertar, doar ao Senhor aquilo pelo qual ele vivia. Entregar-se ao senhorio de Deus.

2 - Os pães representam duas figuras na Bíblia:

(a) Uma figura de Jesus como pão da vida;

(b) Uma figura da palavra de Deus como alimento ao nosso espírito.

- Saul precisava mudar seu “hábito alimentar”, porque até então ele se alimentava de carne de bois. Somos os resultados do nosso alimento, porque as proteínas dos nossos alimentos ficam em nosso organismo. Isso também vale para o lado espiritual.

3 - Enchendo-se do Espírito Santo de Deus; adorando e profetizando.

A) O maior sinal da legitimidade do nosso chamado é a manifestação do Espírito Santo em nossas vidas.

- Este sinal na vida de Saul da parte de Deus era para ele saber que, agora, ele era um homem de Deus. O espírito que estava antes em sua vida, deveria dar lugar ao Espírito Santo.

- Vs. 5-7 “Então, seguirás a Gibeá-Eloim, onde está a guarnição dos filisteus; e há de ser que, entrando na cidade, encontrarás um grupo de profetas que descem do alto, precedidos de saltérios, e tambores, e flautas, e harpas, e eles estarão profetizando. 6 O Espírito do SENHOR se apossará de ti, e profetizarás com eles e tu serás mudado em outro homem. 7 Quando estes sinais te sucederem, faze o que a ocasião te pedir, porque Deus é contigo”.

- Deus quer que mudemos nossa maneira de viver; nosso estilo. Precisamos aprender a adorar com um espírito profético, com um manto profético, com uma alegria sem igual.

- Este sinal era para fortalecimento espiritual de Saul antes de enfrentar o inimigo (os Filisteus) para o qual ele fora ungido rei sobre Israel.

B) É importante sabermos que aquilo que nos ameaça, que nos tenta, que nos oprime, estará sempre bem pertinho da nossa intimidade com o pai.

- Cada vez que nós nos enchermos do Espírito Santo, os “filisteus” vão estar bem perto, procurando uma brecha para entrar e estragar tudo (I Pe.5:8 “Sede sóbrios e vigilantes. O diabo, vosso adversário, anda em derredor, como leão que ruge procurando alguém para devorar”).

CONCLUSÃO:

2010 É um ano de legitimação do nosso chamado, um ano de santidade, um ano de sinais proféticos. Portanto devemos vigiar.

Graça e Paz!

AUTOR: Pr. Osmarino Correia de Araújo




==============

++++++++++++++







O SEGREDO

PARA TER

O QUE DESEJA



Texto: Salmos 37:4-5.

- Queremos compartilhar um segredo para aqueles que desejam ter as bênçãos de Deus.

- O primeiro passo é se tornar filho de Deus, porque Deus cuida melhor dos seus filhos. Mas para quem já é filho, vamos compartilhar três princípios, que vemos nos versos do Sl. 37 -

- Esses princípios servem para todas as áreas da vida – espiritual, profissional, familiar, etc. porque falam de se ter unção para fazer algo.

1. Princípio - Tenha um desejo profundo em seu coração

– Não seja como um carrinho de bate-volta do parque, que não tem direção certa e volta quando encontra algum obstáculo.

- Saiba aonde quer ir, tenha uma direção definida do que fazer. Deus tem duas maneiras de nos ajudar a alcançar o que desejamos profundamente:

a) - Pela pressão -

– Há várias fontes de pressão:- das circunstâncias – uma crise nos leva a procurar alternativas para fazer as coisas de forma diferente;

- financeira – a perda de um trabalho, o prejuízo ou algum dano material nos faz agir diferente;

- espiritual – de demônios que começam a oprimir nossa vida, tirando alegria, paz, saúde, etc, - de homens – chefes, patrões, amigos, pais, lideres que nos cobram alguma atitude.

- A pressão serve para testar se realmente queremos alguma coisa que temos pedido, ou se apenas falamos que desejamos algo.

b) - Através de um desejo profundo

- Desejo profundo está associado a um sonho- Há um desejo profundo em seu coração?

- Você sonha com algo que deseja que Deus lhe dê?

- Desejo profundo está associado à fé – Deus permite algumas montanhas na nossa frente para nos ajudar a crescer na fé.

- Jesus diz em Marcos 11:23.Sem fé os milagres não acontecem, e a pressão que Deus permite visa aumentar nossa fé.

- Desejo profundo está associado à oração – muita oração aumenta nosso desejo de ter algo de Deus. Quem tem desejo profundo ora muito e não desiste.

- Jesus fala do vizinho importuno que conseguiu - Lucas 11:5-10.

- Como igreja temos que ter um desejo profundo.

– 4 coisas para desejarmos juntos:

1 - Desejar a salvação de almas –

2 - Buscar o derramar do Espírito sobre nós –

3 - Desejar cura física e restauração de lares - são sinais na vida de quem crê e deseja – Leia Mc 16:17-18, João 3:1-2 - Precisamos orar para isso acontecer.

4 - Desejar ser como a igreja do NT em Atos 2:46-47.
2 Princípio –Tenha uma visão clara do que você quer – visualize o seu futuro alcançando o que você deseja profundamente.

- Você tem uma imagem do que quer ser daqui a 5 anos?

- O mundo espiritual funciona com imagens para criar estimulo no coração das pessoas.

Exemplos:

- Is.20:3-4 – Oséias 1:2-3 – Jer. 27:1-7 –.

- Deus quer que você tenha uma visão clara do que quer para que possa te dar, e quando Ele der todos percebam que foi Ele quem fez, e assim Ele será glorificado. Entre em detalhes com Deus a respeito do que você quer e creia que vai acontecer.

3 Princípio – Temos que ser unânimes no que fazemos - Mateus 18:19.

- Devemos estar no mesmo espírito naquilo que fazemos para Deus. Quem casa precisa aprender a concordar um com o outro para serem felizes. Quem concorda pode caminhar junto - Amós 3:3 diz:”Andarão dois juntos, se não estiverem de acordo?”

- Para Deus abençoar nossos projetos como igreja temos que andar em aliança uns com os outros.

- Aliança exige compromisso de uns com os outros – Não basta ter compromisso só com Deus. Cuidado com alguns que dizem que só tem compromisso com Jesus.

- A Bíblia diz que Jesus é o cabeça da igreja, então Ele não é mais sozinho, tem um corpo com ele – a igreja.

- Como é possível ter compromisso com a cabeça e não com o corpo? Cuidado com a visão religiosa que tenta separar o corpo da cabeça quando ensina que a ordem das coisas é: Deus, Família, Trabalho, Igreja.

- Para filhos de Deus a ordem é: Jesus é o cabeça, a Igreja é o corpo, o resto será acrescentado por Deus.
CONCLUSÃO:

O segredo para ter o que desejamos é se agradar no Senhor obedecendo esses três princípios:

1 - Um desejo profundo no coração, a respeito do que quer;
2 - Uma visão clara do que quer, entrando em detalhes com Deus;
3 - Estar em unanimidade com o propósito da igreja, que é o corpo de Cristo. Vamos colocar esse segredo em prática?


Fonte:
http://www.igrejavencedores.com.br/acervo_detalhes.asp?Id=356


==============
++++++++++++++


:::::::::::::::::::::::
============

segunda-feira, 26 de julho de 2010


Evitando

o fascínio

de uma vida

cristã estéril.

Como está sua vida cristã?

“Equilíbrio: Evitando o fascínio de uma vida cristã estéril.”
“De que adianta, meus irmãos, alguém dizer que tem fé, se não tem obras? Acaso a fé pode salvá-lo? Se um irmão ou irmã estiver necessitando de roupas e do alimento de cada dia e um de vocês lhe disser: "Vá em paz, aqueça-se e alimente-se até satisfazer-se", sem porém lhe dar nada, de que adianta isso? Assim também a fé, por si só, se não for acompanhada de obras, está morta. Mas alguém dirá: "Você tem fé; eu tenho obras". Mostre-me a sua fé sem obras, e eu lhe mostrarei a minha fé pelas obras.” Tg. 2: 14-18

“Aproximem-se de Deus, e ele se aproximará de vocês! limpem as mãos, e vocês, que têm a mente dividida, purifiquem o coração...Pensem nisto, pois: quem sabe que deve fazer o bem e não o faz, comete pecado.” Tg. 4: 8 e 17

O maior desafio da Vida Cristã: A FÉ, VIDA E MINISTÉRIO!
“Equilíbrio é o ato de focalizar nosso relacionamento com Deus” - Calvin Muller

Introdução:

- O Equilíbrio entre o CONHECER e o FAZER é nosso maior desafio como cristãos nesta sociedade.

- Muitos crentes e igrejas estão abrindo um negócio por conta própria e seguindo uma programação separada da vontade de Deus.

- A oração é uma disciplina que começa com o ato deliberado de chegarmos a sua presença.
Da mesma forma o Espírito nos ajuda em nossa fraqueza, pois não sabemos como orar, mas o próprio Espírito intercede por nós com gemidos inexprimíveis.” Rm. 8: 26.

- Quando nos oferecemos para ficar em silencio para Deus, e deixamos de lado nossa programação pessoal, Deus vem até nós e sua presença orienta nossa vida.

- Muito cuidado para que sua fascinação por Deus, não lhe impeça de servi-lo!
- Não existe mérito humano na adoração por mais apaixonante e ardente que ela seja! Só faz sentido adorar, se aliamos isto aos outros 4 propósitos de nossas vidas.

“Os adoradores precisam deixar de lado seus “aleluias” vestirem o avental do serviço” - Calvin Muller.

É sempre tentador preferir o Jesus transfigurado, ao invés de imitar o Jesus lava pés! - Carlito Paes

- Cuidado para você não pegar a síndrome da montanha e se esquecer da missão no vale.

- Já disse, W. Shakespeare, na peça “Os dois cavalheiros de Verona”: “Aquele que não demonstra seu amor não ama.”
- A idéia perfeita de equilíbrio não é falar a respeito da vida interior, Mas vivê-la de fato no exterior.

- Quando meu filho era criança, eu lhe dizia: “Filho, ponha o lixo para fora!”. E ele obedecia! É assim que demonstramos nosso amor e respeito – sendo obedientes.

- Mas, imaginemos que, ao receber a minha ordem, ele respondesse: - Ah, papai, você é tão bonito; só quero ficar aqui sentado contemplando sua sabedoria e poder.

- Mas, filho – posso insistir - , reconhecer meus atributos tem pouca utilidade se você não quiser me obedecer. Ponha o lixo para fora!

Então primeiro devemos obedecer a Deus, e vamos em seguida louva-lo.

• Três perigos distintos na busca de Deus:
1. A BUSCA PELA SANTIDADE PODE GERAR UM FIM EM SI MESMO, UM VÍCIO INTERIOR.
- Talvez você ame o lugar quieto e silencioso que você criou para você mesmo e pense que está oferecendo isto para Deus em adoração.
- Silêncio pode ser apenas disciplina de quietude e não adoração, isto até budistas fazem melhor que qualquer cristão!
- A Confissão de fé de Westminster declara: ”O dever principal do homem é glorificar a Deus e desfrutá-lo para sempre”.
- Tem muita gente que gosta da leitura sobre a vida dos santos de Deus, mas não gosta de imitar a prática da vida deles.
2. A BUSCA PELA SANTIDADE PODE PRODUZIR UM MUNDO MÍSTICO E DISTANTE.
- Gente comum, vivendo as mesmas pressões do mundo e da carne, se considerando a “elite espiritual de Deus na terra”.
- Deus não tem esta gente! Este negócio não tem a ver com Deus.

- O problema é que pessoas assim podem cair na mais comum das ciladas de satanás: Julgamento e condenação do próximo! Porque seu estilo de vida condena os demais.
3. A BUSCA PELA SANTIDADE PODE INDUZIR A SÍNDROME DO “JESUSINHO ADOCICADO”.
- Uma fé num cristo do pietismo meloso, baseado num evangelho sem respostas, encalhado, produto de liquidação de 5a. categoria. Que está mais para museu que para vida real. Ex: catolicismo.

- Demonstrado em telas de péssimo mau gosto, e auréola exageradamente artificiais.

- Jesus não veio para ser um bebezinho de nossa piedade pessoal ou da nossa tradição familiar.
- Jesus veio cumprir uma agenda de Deus, programada para REDIMIR e RESGATAR a humanidade.

- Agenda que foi regada com suor, lágrimas e muito sangue! E não com sorriso rosa adocicado dos artistas do humanismo e do renascimento!

- Ao avesso a esta falsa religiosidade, temos outro extremo de religiosidade:
- Lugares, onde muitos até bem intencionados estão sendo enganados com promessas mirabolantes.

- Onde slogans como: “Pare de sofrer” promete o céu na terra e produtos como:
“sabonete de arruda”, água do Jordão, pedras do Monte Moriá e folhas das oliveiras do Monte das Oliveiras relevam uma fé frágil e ingênua.

Quais os caminhos para uma espiritualidade equilibrada e fritífera?1. Devoção: “Orem continuamente.” - I Ts. 5:17

Oração – Meditação – Contemplação – Adoração – Comunhão.

2. Humildade: “humildemente considerem os outros superiores a si mesmos.” - Fp. 2:3

Caráter – Honestidade – Moralidade – Consciência - Vida!

Tg. 4: 6 - "Deus se opõe aos orgulhosos, mas concede graça aos humildes"
3. Permanecer: “Se alguém permanecer em mim e eu nele, esse dará muito fruto.” – Jo. 15:5b.

Estar com Cristo, ser parte Dele, viver com Ele, estar ligado intimamente com ele.

4. Incluir: “Senhor lhes acrescentava diariamente os que iam sendo salvos.” – At. 2: 47.

A convicção da missão de trazer outros para fé, para comunhão da igreja de Cristo. É a obediência ao IDE, a grata convicção em PERTENCER.

5. Regozijar-se: “o justo pode cantar e alegrar-se.” – Pv. 29:6

Satisfação perfeita em Deus, não em coisas ou em você mesmo!

Só o justo pode viver o verdadeiro sentido da vida!

“O silêncio das coisas exaltadas, geralmente levam os ingênuos a querer preenchê-los com palavras.” Calvin Muller

Conclusão:
“Pois dele, por ele e para ele são todas as coisas. A ele seja a glória para sempre! Amém.” Rm: 11: 36.

- Você quer viver uma vida Cristã de equilíbrio?

- FÉ, VIDA e MINISTÉRIO!

- Está é a vontade de Deus para você!

Fonte:
http://www.pibjacarei.com/esboco/esboco_14_02_2007.html



+++++++++++++

=============



:::::::::::::::::::::::::

=============





VENCENDO A

TIRANIA DA

URGÊNCIA



Como está sua vida cristã?

“VENCENDO A TIRANIA DA URGÊNCIA”


“Tenham cuidado com a maneira como vocês vivem; que não seja como insensatos, mas como sábios, aproveitando ao máximo cada oportunidade, porque os dias são maus”. - Ef. 5: 15-16.

“É estarrecedor constatar que muitas vezes levamos nossos
planos individuais tão a sério que nunca desejamos saber se Deus tem Outra coisa para fazermos.”-
Calvin Muller.

Introdução:

-Uma das primeiras invenções da humanidade foi o relógio, os antigos controlados pelo sol, pela água, por ampulhetas, por molas, nos últimos tempos a quartzo, e agora na era digital.

- O relógio é uma máquina controladora, foi inventado para administramos o tempo, mais por vezes nos tornarmos escravos dele, e ficamos nervosos.
- A verdade é que a areia de nossa vida, escorre mais rápido que pensamos, escorre de forma: Rápida, firme e precisa.

- Por isto sua vida precisa estar nas mãos de Deus, segundo após segundo. Só assim você estará seguro de estar fazendo as escolhas certas, as tomando as decisões que não vai se arrepender depois.

- De todas as dádivas que Deus nos dá diariamente, certamente a mais preciosa é o tempo.

- Por isto todos precisam perguntar para Deus: “O que o Senhor quer que eu faça da minha vida? O que o Senhor tem para mim hoje?”

- O relógio da vida não está em suas mãos, está nas mãos de Cristo!

- Jesus quando estava aqui na terra, ele tinha perfeitamente a noção do seu tempo, e talvez fosse por isto que seus momentos sempre eram tão especiais. Jesus nunca gastou tempo com o que não fosse ESSENCIAL.

- Certa ocasião de sua vida Ele disse: “A minha hora não chegou” - Jo. 2:4.

- Depois ele mesmo disse: “Está chegando a hora...” Jo. 5: 25

E depois disse: “Chegou a hora! Eis que o Filho do homem está sendo entregue... – Mt. 26:45.

E ainda ele criticou os fariseus porque não sabiam interpretar os sinais dos tempos:

“Vocês sabem interpretar o aspecto do céu, mas não sabem interpretar os sinais dos tempos!”.

- Este é um sério problema ainda nos dias de hoje, sabemos olhando para o céu se é manhã, tarde ou noite, mas não estamos sabendo fazer uma leitura do tempo que vivemos para realmente investirmos no que é essencial para o Reino de Deus. Tem muito crente ainda gastando tempo consigo mesmo, suas vontades, desejos, tradições, e aspectos culturais.

Paulo também tinha noção do tempo, ele sabia que estava chegando ao fim. – 2Tm 4.6.

O QUE FAZER PARA VENCER A TIRANIA DA URGÊNCIA

1) SANTIFIQUE OS SEUS DIAS

- A questão central aqui não é viver simplesmente uma vida longa aqui na terra...(farelo de aveia, regime vegetariano e exercícios físicos regulares cuidam bem disto até para o pior ímpio).

- A questão é como vamos viver nossos dias aqui na terra, sejam longos ou Curtos, como fazer deste tempo uma oferta de ouro ao Senhor!

- Se você não tem este propósito de vida, um chinês definiu bem a sua biografia de vida aqui na terra = PRESSA, PREOCUPAÇÃO e ENTERRRO.

- Meu e seu desafio como cristão é:

= Sair da superficialidade e mergulhar nas profundezas de Deus e realmente fazer algo que mude nossas vidas e das pessoas que estão a nossa volta!

= Não temos nenhuma possibilidade de agradar a Deus quando chegamos apressados a sua presença, jogamos diante dele um cântico e saímos correndo da igreja de volta a nossa vida atropelada. Deus não se agrada de uma exaustão santificada.

= Uma vez que aprendemos isto, ficamos libertos. Sim libertos! Do nosso vício da pressa.

= Uma vez alguém disse que estava cantando na igreja e o cântico dizia: “Exalto-te” e ele cantou por engano “Exausto-te”

= Você não precisa ter medo do silêncio!
Deus também fala e ouve em meio ao silêncio.

2) IDENTIFIQUE SEUS FUSOS HORÁRIOS:

- Como você sabe, existe dois conceitos no NT para tempo:

- Chronos (Daí derivam as palavras cronologia, cronômetro e assim marcam as horas, dias, anos, séculos, passado, presente e futuro). É a idéia humana de tempo.

- A Palavra grega Kairórefere-se ao tempo indivisível, ao tempo não-sequencial, pura existência, é o ser. É o tempo segundo Deus!

- Todos nós passamos a vida servindo ao chronos. Mas para entrarmos nas profundezas de Deus você precisa identificar o kairós de Deus.

- O Kairós nunca olha para o passado como o castigante chronos que vive lamentando por não termos feito mais.

Em Mc. 12: 26 está escrito: “Eu sou o Deus de Abraão, o Deus de Isaque e o Deus de Jacó”.

- Nosso Deus excede a tempo! Ele é simplesmente TEMPO PRESENTE.

- Você identificou em que tempo está?
Entenda que sua vida, seu tempo pertencem a Deus:

- Deus nos diz em Tg. 4: 13-16 – “Ouçam agora, vocês que dizem: "Hoje ou amanhã iremos para esta ou aquela cidade, passaremos um ano ali, faremos negócios e ganharemos dinheiro". Vocês nem sabem o que lhes acontecerá amanhã! Que é a sua vida? Vocês são como a neblina que aparece por um pouco de tempo e depois se dissipa. Ao invés disso, deveriam dizer: "Se o Senhor quiser, viveremos e faremos isto ou aquilo". Agora, porém, vocês se vangloriam das suas pretensões. Toda vanglória como essa é maligna.”

Podemos planejar no chronos humano, mas precisamos viver no kairós de Deus!

Ilustração

- Na mitologia grega, o chronos era um deus baixinho, de pernas pequenas e grossas, ele tinha cachinhos de cabelos na testa e era careca a trás, dizia-se que era necessário agarra-lo pela frente pelos cabelos, porque se você o deixasse passar nunca mais, por que era pequeno e liso por trás. Assim é o tempo!

- O chronos é como uma cano cheio de água, você pode dividir e vai ter água nos três.

- O Kairós é como o oceano, imenso, uma gota de chronos não faz diferença.

- Um ano do chronos, não faz nenhuma diferença no oceano da eternidade de Deus. Qual o tempo que realmente está marcando sua vida?

3) TROQUE OS FUSOS HORÁRIOS DE SUA VIDA

- Mudar de chronos para kairós é descobrir que a oração, a meditação, a fé, são as ferramentas para abrir a porta do futuro. Todos os relógios devem estar sincronizados a hora da sala do trono de Deus.

- Ninguém que deseja agradar a Deus e experimenta-lo vai ver isto acontecer, se seu coração não estiver batendo no compasso das batidas do coração de Deus.

- Em Mt. 26: 40-41 Diz que Jesus estava no tempo de Deus, mas os discípulos não estavam, estavam dormindo na hora errada:

- “Você nunca vai ouvi-lo se o seu relógio não estiver sincronizado com o Dele.Depois, voltou aos seus discípulos e os encontrou dormindo. "Vocês não puderam vigiar comigo nem por uma hora?", perguntou ele a Pedro”.

- Vigiem e orem para que não caiam em tentação. O espírito está pronto, mas a carne é fraca."

- Não se limite as 86.400 segundos do seu dia. Não se limite as suas 8.760 horas por ano, entre na presença de Deus sem hora marcada e mergulhe em sua profundeza.

4) ADMINISTRE OS SEUS DIAS COM SABEDORIA

- Como você de fato encontra a liberdade da tirania da urgência?

Entendendo que....

Você não é dono do seu dia. Tg. 4: 14.
“Vocês nem sabem o que lhes acontecerá amanhã! Que é a sua vida? Vocês são como a neblina que aparece por um pouco de tempo e depois se dissipa”.

- Você precisa ser fiel na administração dos recursos que Deus lhe dá. I Co. 4: 2; Ef. 4: 8-12)
“O que se requer destes encarregados é que sejam fiéis”.

- O propósito de sua mordomia é glorificar a Deus (I Co. 6: 19-20).
“Acaso não sabem que o corpo de vocês é santuário do Espírito Santo que habita em vocês, que lhes foi dado por Deus, e que vocês não são de si mesmos?”.

- Você é mordomo de sua gloriosa individualidade (I Tm. 6:20; Mt. 25:21).
“Guarde o que lhe foi confiado. Evite as conversas inúteis e profanas e as idéias contraditórias do que é falsamente chamado conhecimento”;

“Muito bem, servo bom e fiel! Você foi fiel no pouco, eu o porei sobre o muito. Venha e participe da alegria do seu senhor!”


Conclusão:

“Todo uso do tempo sem levar Deus em conta. É perda de tempo!”

- Cuidado com as restrições impostas pelos relógios!

- Cuidado com as demandas dos prazos, cronogramas, fórmulas, programas, para tudo isto que é MEIO, não te tirar do kairós de Deus que é FIM.

- Ser um discípulo significa transcender ao relógio dos homens.

- Entregue-se a Deus pelo prazer de sua companhia e não pelo horário que você deu para ele estar em sua presença!

"Olho nenhum viu, ouvido nenhum ouviu, mente nenhuma imaginou o que Deus preparou para aqueles que o amam” - I Co. 2: 9


FONTE: http://www.pibjacarei.com/esboco/esboco_24_01_2007.html


=============

""""""""""""""""""