domingo, 28 de fevereiro de 2010


JESUS, O VERBO DE DEUS



- Em Jesus, Deus se vestiu de pele humana.

- Em Jesus, o mistério da encarnação trouxe Deus para dentro da nossa história.

- Em Jesus, vemos a face de Deus, pois Jesus é o intérprete de Deus, a exegese de Deus, o Verbo de Deus.

- Jesus veio para revelar Deus. Ele mesmo é Deus. Ele e o Pai são um. Quem vê a Jesus, vê o Pai.

- O apóstolo João, no prólogo do seu evangelho, abre as cortinas, acende a luz no palco da eternidade e mostra o Verbo da vida, dizendo: "No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus" (Jo 1.1).

Dessa passagem sublime, destacamos três verdades benditas:

1. Jesus é o Verbo de Deus porque possui os mesmos atributos da divindade

João diz: "No princípio era o Verbo…".

- Jesus é o Verbo eterno de Deus. No princípio o Verbo já existia. O Verbo não teve início.

Ele é antes do início.

Ele é o Pai da eternidade.

- Na verdade todas as coisas vieram a existir por intermédio dele. "Todas as coisas foram feitas por intermédio dele, e, sem ele nada do que foi feito se fez" (Jo 1.3).

- O Verbo de Deus é eterno.

Ele está fora do tempo e além do tempo.

Ele é transcendente sem deixar de ser imanente.

- O Verbo de Deus não é apenas eterno, mas também, o criador do tempo. Foi ele quem no princípio trouxe à existência as coisas que não existiam.

- O Verbo de Deus não é um ser inferior a Deus.

Ele é da mesma essência de Deus.

Ele é Deus de Deus, Luz de Luz, co-igual, co-eterno e consubstancial com o Pai.

Ele possui não apenas o atributo de eternidade, mas também de onipotência, uma vez que foi o agente da criação.

Ele criou tudo do nada. Criou os mundos estelares, o vastíssimo e insondável universo com seus bilhões de estrelas.
Aquela criança deitada na mangedoura em Belém é o maior mistério da história, a própria encarnação da divindade. Jesus é Deus entre nós.
Ele é o Emanuel!

2. Jesus é o Verbo de Deus porque possui íntima relação com Deus desde a eternidade

O apóstolo João continua: "… e o Verbo estava com Deus…".

- Jesus não é apenas eterno, mas também pessoal.

- Ele não é uma energia;
- ele é uma pessoa que estava com Deus antes do início de todas as coisas.

- Na eternidade o Verbo estava face a face com Deus, em plena comunhão com Deus.

- Antes dos fundamentos da terra serem lançados, antes das estrelas brilharem nos céus, antes do sol refletir os seus raios de luz cheios de calor e vida, antes dos anjos ruflarem suas asas, o Verbo de Deus já desfrutava de plena intimidade com o Deus Pai.

- A Trindade excelsa em comunhão de amor, pelo desenrolar dos tempos eternos, antes do princípio, vivia em perfeita harmonia.

- O Filho eternamente gerado do Pai e o Espírito eternamente procedente do Pai e do Filho habitavam a eternidade e eram perfeitos e completos em si mesmos em bendita, santa e feliz comunhão.

3. Jesus é o Verbo de Deus porque ele mesmo é Deus

- João conclui: "… e o Verbo era Deus".

- O Verbo não é apenas eterno e pessoal; é também divino.

- O Jesus de Nazaré, não é apenas um grande homem ou um espírito iluminado.

Ele é o criador dos homens e a Luz do mundo.

- O meigo rabi da Galiléia não é apenas um profeta especial, ele é aquele para quem os profetas apontaram, o Messias de Deus, o Salvador do mundo.

- O infante de Belém não nasceu apenas para ser o rei dos judeus, mas ele é o Rei dos reis e o Senhor dos senhores, diante de quem todos os joelhos se dobram nos céus, na terra e debaixo da terra.

- Jesus não é apenas uma divindade entre os muitos deuses dos povos.

Ele é o Deus bendito, que se fez carne e habitou entre nós, cheio de graça e de verdade.

- Os deuses dos povos são ídolos mortos, criados pela imaginação dos homens , mas Jesus é o Deus vivo e soberano, que por amor a nós se encarnou.

- Para cumprir o propósito eterno do Pai veio ao mundo e se entregou na cruz para nos resgatar do pecado, da morte e do inferno.

- Jesus é o onipotente Deus que venceu a morte, está à destra do Pai, reina absoluto no universo e voltará em glória para buscar-nos, a fim de reinarmos para sempre com ele!



FONTE: Rev. Hernandes Dias Lopes


++++++++++++++++++++

++++++++++++++++++++


Nenhum comentário:

Postar um comentário