quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010


DESAFIOS
À IGREJA

João 4.33-35
33 Então os discípulos diziam uns aos outros: Acaso alguém lhe trouxe de comer?
34 Disse-lhes Jesus: A minha comida é fazer a vontade daquele que me enviou, e realizar a sua obra.
35 Não dizeis vós: Ainda há quatro meses até que venha a ceifa? Ora, eu vos digo: levantai os vossos olhos, e vede os campos, que já estão brancos para a ceifa.




Vamos estudar algumas lições tiradas do encontro de Jesus com a mulher, junto ao poço de Jacó, em Samaria.

I. UMA IGREJA COM SUBMISSÃO

1) V. 34. “Disse-lhes Jesus: A minha comida é fazer a vontade daquele que me enviou, e realizar a sua obra.”

2) O coração de Jesus era submisso à vontade do pai. Hb 5.8 “Ainda que era Filho, aprendeu a obediência por meio daquilo que sofreu”.

3) A submissão nos leva a uma vida no foco de Deus, no centro da sua vontade, na intimidade com Deus. Deus quer nos encontrar com resistência zero;

4) A submissão nos conduz ao quebrantamento. Sl 51.17 “O sacrifício aceitável a Deus é o espírito quebrantado; ao coração quebrantado e contrito não desprezarás, ó Deus.”

5) Quebrantamento é sabermos quem somos, reconhecermos nossas limitações (humildade), e nos submetermos a vontade de Deus.

- Não significa ter um semblante triste, melancólico, abatido; nunca sorrir e só chorar.

- Existem pessoas que derramam "rios de lágrimas" e nunca experimentaram o quebrantamento.

6) Submissão é o barro se rendendo completamente ao oleiro. Jr 18.

II. UMA IGREJA COM VISÃO

1) V. 35. “Erguei os olhos e vede.”

2) Jesus tinha visão.

- Mt 9.9 “Partindo Jesus dali, viu sentado na coletoria um homem chamado Mateus, e disse-lhe: Segue-me. E ele, levantando-se, o seguiu.”

- Mt 9.36 “Vendo ele as multidões, compadeceu-se delas, porque andavam desgarradas e errantes, como ovelhas que não têm pastor".

- Mt 14.14 “E ele, ao desembarcar, viu uma grande multidão; e, compadecendo-se dela, curou os seus enfermos".

3) Nosso Deus é um Deus de visão. Sl 113.5-6 “Quem é semelhante ao Senhor nosso Deus, que tem o seu assento nas alturas; que se inclina para ver o que está no céu e na terra?”

4) A igreja precisa ver os campos que já estão brancos para a ceifa. Há muitos frutos maduros, há muitas portas abertas, há muitos com fome de Deus.

5) Erguer os olhos para ver além dos muros, além das fronteiras, além da nossa Jerusalém, ver mais longe.

6) Precisamos ver como as águias, não como os pardais.

- A águia possui oito vezes mais células visuais por centímetro cúbico do que o ser humano.

- Voando à altura de 200 metros a águia consegue detectar um objeto do tamanho de uma moedinha, movendo-se na grama.

- A águia pode enxergar um peixe de oito centímetros saltando num lago a oito quilômetros de distância.

- As pessoas que têm a visão de uma águia conseguem enxergar o que a maioria não vê.

III. UMA IGREJA COM SENTIMENTO DE URGÊNCIA

1) V. 35. “Os campos, que já estão brancos para a ceifa.”

2) Vivemos um tempo de urgência. Hoje tudo acontece muito depressa. As drogas são transportadas em aviões a jato, também o pecado.

3) A TV coloca dentro dos lares todo o seu lixo em frações de segundos. A palavra de Deus precisa ir na mesma velocidade. O rádio, a TV, o jornal, devem ser também utilizados na propagação do Evangelho.

4) A seara está madura, os ceifeiros são poucos. Jl 3.13,14. “Lançai a foice, porque já está madura a seara; vinde, descei, porque o lagar está cheio, os vasos dos lagares trasbordam, porquanto a sua malícia é grande. Multidões, multidões no vale da decisão! porque o dia do Senhor está perto, no vale da decisão".

5) O ser humano traz em si um vazio que só Jesus pode preencher.

6) Não temos mais tempo a perder com discussões frívolas, com coisas de somenos importância.

7) É hora de entendermos quais são as prioridades do coração de Deus. Deus está com pressa.

CONCLUSÃO

A igreja não pode correr atrás de seus próprios interesses nem andar no seu próprio ritmo. Ela precisa está sujeita ao seu Senhor; ter a sua visão; e sentir a mesma urgência no coração.






===============

===============

===============


Nenhum comentário:

Postar um comentário