sábado, 21 de novembro de 2009


OS QUATRO AMIGOS

II Samuel – 23: 13-17





INTRODUÇÃO

- Nesta mensagem quero lhes mostrar o grande valor da boa amizade, e o quanto, os que estão ao nosso redor podem influenciar nossas vidas.

- Por isso chamo esta mensagem de OS QUATRO AMIGOS indispensáveis na vida de um cristão. Sei que já ouviram muitos pregadores ministrarem sobre esta passagem, mas quero eu ser mais um a contribuir com o enriquecimento de vosso conhecimento.

- Gostaria que todos pudessem levar esta palavra a todos seus amigos e familiares. Bem sei o quanto muitos estão sofrendo neste momento por falta de uma boa palavra e sei que só a palavra de Deus pode ajudar um homem a sair do mais profundo lamaçal de pecados e problemas.

- Abra seu coração e mais uma vez peço que sempre quando receber uma mensagem, a transmita o mais rápido possível, para que em algum lugar alguém possa pregá-la, e divulga-la e assim vidas se entregarem a Jesus, serem salvas, lavadas, remidas e enxaguadas, no sangue precioso do Senhor Jesus Cristo. Toda honra e gloria seja dado ao Senhor dos Exércitos.

I. O QUE É UM AMIGO

a) Vou tentar dar uma pequena definição para a pessoa do amigo.
Veja: Disse um soldado ao seu comandante:

-“O meu amigo não voltou do campo de batalha. Meu comandante, eu solicito autorização para ir buscá-lo.” Respondeu o oficial: - “Autorização negada!” “Não quero que você arrisque a vida por um homem que, provavelmente, esteja morto!”. O soldado ignorando a proibição saiu, e uma hora mais tarde voltou mortalmente ferido, transportando o cadáver do seu amigo.O oficial estava furioso e disse: - “Eu não lhe disse que ele estava morto!” - “Diga – me, valeu a pena ir até lá para trazer um cadáver?”. E o soldado, moribundo, respondeu: - ”Claro que sim, meu comandante!Quando o encontrei, ele ainda estava vivo e disse-me: - “ Tinha a certeza que virias; amigo!” “Um amigo é aquele que chega quando todos já se foram.”

b) Verdadeiramente amigo não é qualquer pessoa. Amigo é alguém especial, que todos desejamos ter sempre ao nosso lado.

- Um amigo é o primeiro a ser convidado quando damos uma festa.

- O amigo sente mais prazer em ouvir do que falar, mesmo que esteja passando por um momento difícil, ele dá os ouvidos e os ombros para o outro amigo.

- Amigo é alguém que nos defende mesmo quando não temos muita razão, mas ele entra e logo diz: “O meu amigo não!!!!”Amigo é aquele que de vez em sempre alugamos e em muitas vezes fazemos dele “gato e sapato”, mas ele é amigo.

- Lembro-me quando meu amigo me acordou pela manhã e com um grito ele disse:__ Acorda! Meu bebê vai nascer. Vamos comigo para a maternidade. Eu me levantei rapidamente e juntos fomos. A criança nasceu, era uma linda menina e parecida com meu amigo. Foi uma festa. Fui convidado para ser o padrinho da criança. Claro que aceitei, era a filha de meu amigo.Os tempos se passaram e a esposa de meu amigo novamente engravidou. E novamente em um dia quente, bem cedinho ele bate em minha janela gritando:__ Acorda! Acorda! Meu bebê vai nascer. Vamos comigo para a maternidade. Novamente me levantei e fomos. Mas lá chegando notei que algo estava errado, pois este parto estava mais demorado. De repente a médica se aproxima e pergunta:__ Quem é o esposo da senhora Nilza.Ele logo se levantou. Nossas pernas bambearam, a voz ficou travada. Então a médica disse em um tom que eu nunca vou esquecer:__ Pai. Ouve um problema com a criança e dificilmente ela sobreviverá mais do que três horas. Eu lamento. Poucas horas depois a criança faleceu, era uma menina. Meu amigo chorou muito, sua esposa acordava e desmaiava. A família da mãe estava em choque, não quiseram agüentar um velório, então a bebê foi colocada em um pequenino caixão e ficaria em uma sala da funerária até a manhã, quando seria feito o enterro. Durante toda a noite vi meu amigo chorar muito. Fiquei calado boa parte do tempo, mas fiquei ao lado dele. Hoje tudo passou e ainda somos amigo, e nossa amizade é inabalável. Hoje ele é pastor da mesma denominação que eu.
- Amanhã vamos à casa de nosso pai, para uma pescaria. Ele é meu irmão, e minha cunhada superou a luta e depois deu a ele um menino, e adivinha quem estava lá com ele quando a criança nasceu?

II. O PARALÍTICO DE CAFARNAUM

- O nome Cafarnaum, vem do Aramaico, e significa Aldeia de Naum, o nome Naum vem do hebraico e significa consolação. Resumindo, Jesus estava pregando a palavra na ALDEIA DA CONSOLAÇÃO.

- Havia naquela cidade um paralítico que vivia entravado em uma cama, sendo uma pessoa que dependia de favores, tipo banho de sol, passeio, troca de roupas e outras necessidades essenciais. Mas ele com toda certeza era uma pessoa querida, pois ele não tinha somente um amigo, mas tinha QUATRO AMIGOS.

- O texto acima nos relata que Jesus estava em casa, provavelmente fosse a casa de Pedro, a qual Jesus sempre pousava, e quando souberam que Ele estava ali, uma multidão se ajuntou, e quatro rapazes que também souberam da notícia, logo pensaram em seu amigo paralítico. Então foram buscá-lo, trazendo o paralítico em sua cama. Mas chegando à casa, não puderam entrar e ninguém dava passagem para o coitado.Talvez o paralítico dissesse a seus amigos: “deixem disso. Levem-me embora. Não vai dar certo”. Mas eles não desistiram, pois nos relata a bíblia que eles subiram no telhado, tiraram as palhas trançadas e amarraram uma corda nos quatro cantos da cama e desceram o paralítico até onde estava Jesus.

- Você já parou para imaginar o susto, o espanto, daquelas pessoas, vendo uma cama descer do teto da casa?

- Agora preste atenção. A bíblia não diz que havia fé no paralítico, mas diz que Jesus vendo a fé DELES, se dirigiu ao paralítico, o que reforça a minha tese que o paralítico não tinha fé, e lhe disse: “pega a tua cama e vai”

III. OS QUATRO AMIGOS INDISPENSÁVEIS

- Muitas vezes estamos fracos, desanimados, já sem esperanças para alcançar algo, ou seja, para tocarmos em milagres, ai então é necessário que tenhamos amigos que nos ajude.

- Talvez por isso Jesus tenha dito a seus discípulos em João 15:15, já não vos chamo mais servos, mas amigos.

- Não que nós sejamos amigos de Jesus, mas por que Ele é nosso amigo.

- Talvez neste momento você que esteja lendo esta mensagem esteja na condição do paralítico, pois já não consegue andar rumo a vitória, já não tem forças para subir no lugar dos campeões.

- Por isso eu vou te apresentar os quatro amigos que estavam com o paralítico da aldeia da Consolação.
=> O PRIMEIRO AMIGO – OUSADIA

- Precisamos da ousadia como amigo, a ousadia nos tira da comodidade, nos faz sair do marasmo, pois ousadia é a qualidade de se realizar atos difíceis e perigosos.

- Tenhamos a ousadia em nosso circulo de amizade, pois muitas vezes somos feridos nas batalhas da vida, mas se o amigo OUSADIA estiver conosco vamos conseguir com toda certeza.

=> O SEGUNDO AMIGO – ATITUDE.

- Este é outro amigo indispensável em nossas vidas.

- Ter ATITUDE como amigo nos ajudará, pois ele nos levará até a vitória prometida.

- Busque intimidade com seus novos amigos.

- Venha hoje, e ainda que a sua situação seja um tanto quanto delicada, eu sei que a ATITUDE o impulsionará para frente.

=> O TERCEIRO AMIGO – CORAGEM

- É por isso que a bíblia nos diz que o Senhor não nos deu espírito de medo, mas de coragem. Isso nos levar a crer que o medo e a coragem são um espírito, e assim sendo eu quero ser amigo do espírito da CORAGEM.

- Pois a coragem não nos deixa desistir de alcançar nossas bênçãos. Seja amigo da CORAGEM.

=> O QUARTO AMIGO –

- Este é o quarto amigo que não se deve desprezar.

- O amigo FÉ, quer ser seu amigo, e por isso a palavra de Deus nos diz que sem FÉ é impossível agradar a Deus.

- Então quer agradar a Deus? Seja amigo da FÉ e assim nos aproximemos do Senhor, com certeza Fé nos leva ao Senhor.

- A obra sem fé é morta, Lembra?Tenha FÉ como amigo, e creia você será uma outra pessoa.

CONCLUSÃO

- Um homem sem amigos é igual a uma rosa sem perfume (leia a mensagem QUANDO SE ACABA O PERFUME DA ROSA) pode ter alguma atratividade, mas lhe falta a essência principal.

- Salomão nos disse cheio do Espírito Santo, que o homem que tem muitos amigos pode se alegrar.

- O que você está esperando, convide esses amigos para entrarem em sua vida agora mesmo. E eles te ajudarão a chegar até o poder do milagre e todos saberão que você tem amigos.


AUTOR: PR. ALEXANDRE AUGUSTO



A FONTE DE GIDEÃO

Juízes 07.1-7


1. Então Jerubaal (que é Gideão) se levantou de madrugada, e todo o povo que com ele havia, e se acamparam junto à fonte de Harode, de maneira que tinha o arraial dos midianitas para o norte, no vale, perto do outeiro de Moré.

2. E disse o SENHOR a Gideão: Muito é o povo que está contigo, para eu dar aos midianitas em sua mão; a fim de que Israel não se glorie contra mim, dizendo: A minha mão me livrou.

3. Agora, pois, apregoa aos ouvidos do povo, dizendo: Quem for medroso e tímido, volte, e retire-se apressadamente das montanhas de Gileade. Então voltaram do povo vinte e dois mil, e dez mil ficaram.

4. E disse o SENHOR a Gideão: Ainda há muito povo; faze-os descer às águas, e ali os provarei; e será que, daquele de que eu te disser: Este irá contigo, esse contigo irá; porém de todo aquele, de que eu te disser: Este não irá contigo, esse não irá.

5. E fez descer o povo às águas. Então o SENHOR disse a Gideão: Qualquer que lamber as águas com a sua língua, como as lambe o cão, esse porás à parte; como também a todo aquele que se abaixar de joelhos a beber.

6. E foi o número dos que lamberam, levando a mão à boca, trezentos homens; e todo o restante do povo se abaixou de joelhos a beber as águas.

7. E disse o SENHOR a Gideão: Com estes trezentos homens que lamberam as águas vos livrarei, e darei os midianitas na tua mão; portanto, todos os demais se retirem, cada um ao seu lugar.

INTRODUÇÃO

- Esta mensagem é uma palavra que vai impactar seu coração, mas para isso você precisa abrir seu coração e deixar que a palavra do Senhor faça morada em ti, pois conhecereis a verdade e a verdade vos libertará.

- Quero falar de um evento grandioso que marcou a vida do povo de Deus, quando um homem se propôs a fazer a vontade de Deus.

- Este homem é conhecido por Gideão, alguém que saiu do nada, do abstrato para se tornar um Juiz, para se tornar uma ferramenta nas mãos do Todo Poderoso. Mas também veremos o que acontece com aqueles que se metem no caminho de uma ungida por Deus, por isso a bíblia diz que coisa terrível é cair nas mãos do Deus altíssimo.

- Mas o enfoque se dará a aqueles que estavam com Gideão em um propósito de livrar Israel de sete anos de sofrimento e humilhação causada pelos inimigos, os Amalequitas e Midianitas.

- Quero chamar a atenção do povo de Deus para a batalha, pois sabemos e cremos que os dias ficam cada vez mais difícil, e não podemos nos omitir da luta, e a palavra do Senhor nos alerta que Ele nos deu espírito de poder e não espírito de medo.

- Então vamos juntos aprender sobre os mistérios do Altíssimo e assim crescermos juntos e vencermos todos os inimigos.

I. QUEM ERA GIDEÃO?

- Seu nome traduzido é “O talhador”. Era filho de Joás, da tribo de Manasses. Também foi chamado Jerubaal (Jz-6:32) que significa “baal que se vire”, e Jerubesete (II Sm-11:21) que significa “contenda com ídolo”.

- Habitava na cidade de Ofra, e foi escolhido por Deus de um modo muito extraordinário para libertar os israelitas do jugo dos midianitas, sob o domínio dos quais, Israel tinha sofrido pelo espaço de sete anos.

- Os inimigos rapaces e cruéis destruíam todos os anos, os produtos da terra de Canaã, à exceção dos que podiam ser escondidos nos retiros fortificados das montanhas. Foi Gideão o sétimo juiz de Israel, que julgou os israelitas pelo espaço de cinqüenta anos, e também recusou ser o rei de Israel.

- Em seus dias, Israel abandonara a Deus e estava numa condição muito debilitada, atemorizado por ladrões midianitas, que saqueavam o país e faziam à vida intolerável (Jz 6:1-5).

- Este era o homem que Deus escolheu para livrar Israel das mãos dos inimigos. Agora analise comigo a atitude de Gideão. Segundo suas próprias palavras, ele era pobre, alguém que aos olhos da sociedade não merecia créditos ou confiança, mas se analisarmos bem, veremos que provavelmente durante a noite Gideão colhia o trigo e durante o dia ele malhava o alimento no lagar, que era o lugar de se pisar a uva, pois o trigo era batido na eira e não no lagar.

- Isso nos mostra a vontade de Gideão em ter suprimentos para sua família, pois se não fizesse assim os inimigos levariam seu alimento e os deixaria passando fome.

II. QUEM ERAM OS INIMIGOS DE ISRAEL – Jz 6:3

- Israel havia se desviado dos caminhos do Deus Eterno, e descambado para idolatria. Então Jeová permite que inimigos se levantem para oprimir o povo, e naquela época levantaram se os Midianitas e os Amalequitas. E por sete longos anos eles subiam e tomavam todo o alimento e arrebatavam todo o rebanho do campo. E para sobreviver os Israelitas escondiam alimentos.

- Os Midianitas eram parentes dos Israelitas, pois eram descendentes de Mídiã, um filho de Abraão e Quetura em seu segundo casamento. Era um povo nômade que vivia ao leste do rio Jordão do mar Morto, ou seja, ficavam no lado oriental de Gileade, Moabe e sul de Edom para o noroeste da Arábia.Os Amalequitas era uma tribo também nômade, localizada no Neguebe, na península do Sinai, eram descendentes de Amaleque, neto de Esaú (Gn-36:12,36).

- Os Midianitas e os Amalequitas formaram uma coalizão, para ferirem a Israel.

- Sabe o que aprendo aqui? É que muitas vezes, ou na maioria das vezes, nossos inimigos estão perto de nós, são os da nossa casa.


III. O EXERCITO DE GIDEÃO

- A bíblia nos revela que após uma conversa com o Anjo do Senhor, que segundo alguns estudiosos era uma Tofania, Gideão conclama ao povo para irem para guerra, e ajunta um exército de 32.000 homens, que para conseguirem lutar, cada um do exército de Israel teria que matar 4 homens do exército inimigo, mas como Deus manda dizer aos covardes que voltem para casa, então só ficou 10.000 homens, o que tornou a coisa mais difícil, pois cada Israelita agora teria que matar 13 homens inimigos. Novamente Jeová manda que se levem os 10.000 para beberem água, e dentre estes 9.700 são liberados, ficando 300 homens, que agora teriam que matar cada um, 4.333 homens do exército inimigo.

- Gideão tinha apenas 300 homens que de acordo com as palavras do Anjo venceriam os inimigos.

- É quase difícil de acreditar que isso seria possível, mas quando a palavra de Deus está empenhada no negócio, então não haverá derrotas.

- Você pode estar hoje diante da maior adversidade de sua vida, mas se entregar sua vida a Jesus, sua vitória chegara, e então você cantará um cântico de vitória e se exultara.

IV. A FONTE DE GIDEÃO

- O texto em epígrafe é bem claro. Gideão se acampa na fonte de Harote, que significa “fonte do medo, do terror” (Jeová parece sempre brincar com as palavras). Então Deus ordena a Gideão leve os 10.000 para beberem água.

- Talvez aquelas águas aos olhos do povo de Israel, fossem águas desprezadas, mas a sede era grande e bem sabemos que o corpo humano é formado de 70% de água, e naquela situação eles não suportariam a batalha.

- Muitas vezes achamos que Deus na virá a nosso socorro, pensamos que estarmos sozinho, mas saiba de uma coisa, Jeová nunca fará aquilo que você pode e tem capacidade de fazer, Ele faz o que para nós é impossível.

- Ele nos levará a uma fonte de Harote, e teremos que beber da água, e naquele momento algo sobrenatural irá acontecer.

- Fico a pensar por que Deus escolheria seu exercito no momento de beberem água. Ou o porquê muitos nem chegaram a provar daquelas águas.

- A fonte de Gideão é a resposta para muitas de nossas perguntas. É também a solução para nossos problemas, é o remédio na hora certa.

- Então orei a Deus e lhe pedi que me fizesse chegar a fonte de Gideão, e o Senhor me revelou esta palavra.

CONCLUSÃO

- Posteriormente aquele lugar que antes era a fonte do terror e do medo, passou a se chamar A FONTE DE GIDEÃO, pois ali se iniciou a vitória de 300 homens contra 130.000 homens, mas com uma diferença.

- É que os 300 de Israel estavam na direção de Deus e os 130.000 Midianitas e Amalequitas, NÃO!!!!!!!!

- Precisamos ainda hoje achegar a fonte das águas de Gideão. Dobre seus joelhos ainda hoje e peça para o Senhor te fazer beber das águas da FONTE DE GIDEÃO.

- Deus manda que os 10.000 desçam ás águas e ali Gideão se posiciona e penso que manda que de dez em dez bebam água e os que ajoelhavam e enfiavam a cabeça nas águas pusesse a parte, e os que agachassem e levasse a água na boca também colocasse a parte.Preste atenção. 9.700 beberam das águas e mataram a sede, mas foram displicentes podendo ser surpreendidos pelo inimigo enfiando a “cara” na água.

- E assim ainda hoje muitos se entregam á Jesus e não mais vigiam, ficando vulneráveis ao ataque do inimigo e são derrotados, não provando do gosto da vitória.Porém 300 homens, que são a minoria, beberam da água e mesmo na hora de saciarem a sede, continuaram vigiando o inimigo para não serem surpreendidos, e esses foram vencedores, e provaram do milagre de Jeová no meio da batalha.

- A Fonte de Gideão ainda hoje está a jorrar a água. Mas, Quem beberá da fonte e continuará na peleja?E disse Jesus a mulher samaritana:João-413.

- Replicou-lhe Jesus: Todo o que bebe desta água, tornará a ter sede;14. Mas quem beber da água que eu lhe der, nunca mais terá sede; pelo contrário a água que eu lhe der, virá a ser nele uma fonte de água que mana para a vida eterna.

JESUS É A FONTE DE GIDEÃO PARA OS DIAS DE HOJE.



AUTOR: Pr. Alexandre Augusto