quinta-feira, 19 de novembro de 2009


EM BUSCA DA
RESTITUIÇÃO

Lc 18.35-43



- Restituir significa restabelecer no estado anterior, recuperar o perdido.

- Na grande maioria das vezes nos descuidamos com coisas importantes e acabamos perdendo.

- Perdemos porque nem sempre damos o valor devido, é como se fosse algo tão natural que não atentamos a importância que há.

- Se observarmos bem, perdemos muitas coisas na vida: oportunidades profissionais, amigos, relacionamentos familiares, o interesse pela obra de Deus deixando de fazer aquilo em éramos instrumentos nas mãos do Senhor (chamado, vocação).

- A perda fez com que esse homem, Bartimeu, se adaptasse a nova realidade, mudasse de vida, de contexto, de realidade, de status social.- Ser cego era carregar consigo o estigma de ser vitima de si mesmo, se vitima de um infortúnio ou pecado cometido contra Deus que acarretou a punição de ficar sem enxergar. Conseqüentemente, dependente dos outros.

- Mas Bartimeu traz consigo um ideal: TORNAR A VER. RECUPERASSE O QUE SE PERDEU.

Para isso precisamos...

1. Estar sensível:

- este homem perdeu a visão, mas não perdeu a capacidade de perceber o todo a sua volta, não perdeu os demais sentidos.

- Pelo fato de ficar naquele lugar constantemente mendigando, fez com que conhecesse muito bem aquele lugar e sua realidade, mesmo sem enxergar.

- Naquele dia algo estava diferente, fora do comum, uma multidão se aproximava de Jericó de forma diferente produzindo um grande ruído.

- Temos percebido algo diferente ao nosso redor ou nos prendemos naquilo que foi perdido e ficou para traz?

2. Promover a reconciliação:

- Bartimeu clama várias vezes, quantas fossem necessárias, pela mesma coisa: MISERICÓRDIA.

- Misericórdia significa bondade, amor e graça de Deus para com o ser humano, manifestos no perdão, no auxilio e no atendimento de súplicas.

- Bartimeu estabelece prioridades: antes do restabelecimento de sua visão era necessário restabelecer-se com o Criador através de Cristo.

- Nada terá êxito enquanto a reconciliação com Deus não for restabelecida.

- Não há reconciliação com Deus sem passar pelo próximo, ou seja, reconciliação com aqueles/as que ferimos em nossa caminhada.

- Com quem precisamos nos reconciliar para chegarmos em Deus? Em que precisamos reconciliar com o Pai?

3. Superar os ditames (aquilo que a razão diz que deve ser) e agir com fé:

- A reconciliação não é tarefa fácil, requer disposição para enfrentar tudo e todos.

- Bartimeu além de sua própria debilidade – deficiência visual, precisa ainda superar o som emitido pela multidão para ser percebido, sair da margem do caminho e ir à direção certa mesmo que tenha aqueles que o tentem tirar do caminho e levar para a margem de volta (seu lugar é aí), superar o desânimo lançado por outros que o viam como cego (um não merecedor de misericórdia), que estava daquele jeito por algo que provavelmente cometera, além das proibições que surgiram (cala a boca).

- Ele permaneceu em seu objetivo até o fim. JESUS LHE PERGUNTOU: O QUE QUERES QUE EU TE FAÇA? ... QUE EU TORNE A VER. Somente a superação nos leva ao ideal maior.

- Diga para si mesmo: EU SOU CAPAZ, EU VOU CONSEGUIR, EU CHEGAREI LÁ!

4. Retribuir ao Senhor:

- O restabelecimento da visão trouxe para Bartimeu uma mudança de vida. Ele direcionou o seu olhar para um objetivo perfeito.

- A palavra de origem do termo tornou a ver significa olhou para o alto, ergueu o olhar.

- Bartimeu foca seu olhar para o Senhor, não quer mais saber de sua vida sem sentido, ele se torna discípulo (akoloutéu) aquele que segue, que acompanha, que imita.

- Bartimeu sai da condição de cego para ser um imitador de Cristo, (doxazu) manifestando a glória e a santidade de Jesus.

- Aquele que era visto como vitima do pecado é agora o manifestador da santidade do Senhor.

Como temos retribuído ao Senhor?



AUTOR: Pr. Osvaldo Junior de Abreu