sexta-feira, 19 de junho de 2009


LIBERALIDADE
BÍBLICA



PORQUE A IGREJA PRIMITIVA OFERTAVA COM TANTA LIBERALIDADE?

· Quando olhamos para a igreja primitiva, encontramos várias características que nos impressionam imensamente.


· Ficamos impressionados com o zelo e o crescimento rápido, a lealdade ao Senhor, a aderência firme à doutrina dos apóstolos, e muitos outros aspectos.
· Uma das características mais admiráveis era a liberalidade com que ofertavam de seus bens materiais.


· Eles davam não com mesquinhez, nem por compulsão.
· Eles não eram obrigados a contribuir, nem davam para serem vistos por homens.
· Sabemos que não havia motivos egoístas em suas doações, pois a liberalidade deles foi elogiada pelos escritores inspirados com os termos mais elevados.
·
· Os cristãos de Jerusalém venderam suas propriedades e entregaram os valores para serem divididos entre os necessitados (Atos 4:34, 35).

· Mais tarde, com palavras enaltecedoras, Paulo falou da generosidade dos Filipenses e de outros cristãos da Macedônia (Filipenses 4:14, 15; 2 Coríntios 8:1–4).
·
· Não há dúvida quanto á liberalidade dos cristãos do primeiro século.
· Esse dar era uma das razões do sucesso fenomenal da propagação do evangelho entre outros povos.
·
· Evangelizar o mundo e cuidar dos santos necessitados eram tarefas que demandavam as contribuições liberais, e a benevolência dos cristãos possibilitou essas tarefas.
·
· Por que eles eram tão liberais em dar?· Por que os cristãos se dispunham a vender seus bens para doar o produto?
· Talvez um estudo das razões da liberalidade do primeiro século nos ajude a determinar por que a igreja do presente século não dá com maior liberalidade.

O QUE OS IRMÃOS DA IGREJA PRIMITIVA, APOSTÓLICA DERAM A DEUS?
I. ELES DERAM DE SI MESMOS

* Uma chave para a liberalidade dos primeiros cristãos em dar encontra-se em 2 Coríntios 8:5: “…deram-se a si mesmos primeiro ao Senhor…”


* Eles se converteram de verdade. Reconheceram que se converter significa dar de si mesmo com tudo o que se é e se tem.
* Eles não eram meramente membros nominais da igreja. Era uma questão de convicção pessoal. A atitude deles foi: “Aqui, Senhor, dou de mim mesmo para Ti”.
* Quando uma pessoa se converte de verdade ao Senhor, a questão de consagrar bens materiais não é difícil.

* A razão por que tantos hoje são avarentos é que jamais deram-se a si mesmos completamente para a causa de Cristo.
* Precisamos aprender que conversão envolve uma consagração a Deus de tempo, talentos, ego e bens.

O QUE OS IRMÃOS DA IGREJA PRIMITIVA, APOSTÓLICA DERAM A DEUS?
II. ELES TINHAM UM HISTÓRICO DE GENEROSIDADE

* Os cristãos primitivos vinham de uma comunidade que era educada para a liberalidade.

* A igreja de Jerusalém compunha-se de judeus, cuja história era uma história de generosidade.
Lembremos das doações oferecidas por Israel para o tabernáculo e de suas ofertas na dedicação dele.

* Pensemos nas doações para o templo de Davi, e nas contribuições para a reconstrução do templo.

* Esses exemplos do Antigo Testamento deixam muitos de nós envergonhados.
Os dízimos, as ofertas, as doações e os sacrifícios dos judeus debaixo do judaísmo são bem conhecidos.
* O total de contribuições abarcava uma percentagem considerável da renda deles.
* Quando se converteram ao cristianismo, foi natural para eles continuarem dando com liberalidade.

* É verdade que, debaixo da lei de Cristo, eles estavam livres para decidir por si mesmos quanto dariam; mas eles não usaram dessa liberdade para se esconderem atrás da capa da avareza.
* Será que eles deram menos do que estavam acostumados a dar?

O QUE OS IRMÃOS DA IGREJA PRIMITIVA, APOSTÓLICA DERAM A DEUS?
III. ELES RECONHECIAM O PRINCÍPIO DE MORDOMIA

=> Os cristãos do primeiro século reconheciam o princípio de mordomia.
=> Eles reconheciam que seus bens não eram deles, mas que eles eram apenas mordomos ou “despenseiros” cuidando da propriedade de uma outra Pessoa.
=> Sabiam que teriam de prestar contas sobre como cuidaram de tudo; sendo assim, obviamente eles queriam ser cuidadosos na maneira como utilizavam esses bens.

=> Muitas passagens bíblicas ensinam que Deus é o dono de tudo.
Por exemplo, Ex 19:5 diz: “…toda a terra é minha”. (Dt 10:14; Sl 24:1; 1 Co 10:26.) Da mesma forma, a mordomia humana é ensinada.

=> Devemos ser “bons despenseiros da multiforme graça de Deus” (1 Pe 4:10).
=> Paulo insistiu em que até nossos corpos não são nossos (1 Co 6:19).

=> Quando reconhecermos que estamos apenas tomando conta do que pertence a Outro, certamente seremos mais cuidadosos no uso desses bens. Teremos de responder pelo uso que fizermos de tudo.


O QUE OS IRMÃOS DA IGREJA PRIMITIVA, APOSTÓLICA DERAM A DEUS?
IV. ELES DERAM EM RESPOSTA AO AMOR DE DEUS

=> Os primeiros discípulos deram com liberalidade porque eles viviam à sombra da cruz.

=> Alguns foram testemunhas oculares dos acontecimentos que se passaram no Calvário.

=> Eles viram o amor e a liberalidade de Deus em seu mais elevado grau.

=> Reconheceram que Deus “amou de tal maneira” e provaram disso, pois viram como “Ele deu” (veja João 3:16).
=> Eles amaram a Deus “porque Ele [os] amou primeiro” (1 João 4:19), por isso não era difícil para eles dar liberalmente.

CONCLUSÃO
=> Estamos a vários séculos do Calvário, mas o que se passou ali não pode ser apagado pelo tempo.
=> Uma grande razão da falta de liberalidade em dar hoje é não calcularmos o significado da cruz.
=> Deus nos “amou de tal maneira” que deu o Seu Filho para nos salvar (João 3:16; veja Efésios 5:25). Recordar isto despertará em nossos corações um intenso amor a Deus.

Esse amor se manifestará em liberalidade assim como o amor de Deus se manifestou a nós.