sexta-feira, 15 de maio de 2009


O SENHOR
ME RESTITUI?
Joel 1.2-4, 12.


· Quando pedimos a Deus para nos restituir, é porque algo nos foi tomado, perdemos algum bem que nos pertencia como a mulher Sunamita em II Reis 8.6, que foi restituído em todos os seus bens pelo rei.


· Só que se nós perdemos alguma coisa é porque fizemos por merecer, ou melhor, Deus assim o achou melhor fazer, para que de alguma forma viéssemos a aprender com esta situação.


· · Baseado nesta idéia, estava observando o livro do Profeta Joel, onde fala sobre restituição. Gostaria de analisar o que a palavra fala sobre restituição.


1) PERDERAM TUDO QUE TINHA POR CAUSA DA DESOBEDIÊNCIA:


· Houve realmente um ataque da praga de gafanhotos, mas depois deste episódio veio a palavra do Senhor a Joel, onde Joel interpretou o ataque de gafanhotos.


· · O Senhor estava por trás desta praga, os gafanhotos foram comparados por Joel como um exército humano, que quando avança sobre um território deixa para trás uma terra assolada.


· · E este exército nada mais era do que o exército de Deus (Joel 2.11).


· · E o dia da invasão é o dia do Senhor, o dia do juízo contra um povo pecaminoso (Joel 1.15; 2.1,11).


2) O POVO É CHAMADO A SE CONVERTER E ARREPENDER OU TERÁ JUÍZO:


· Joel chama o povo a se converter dos seus maus caminhos na esperança de que Deus se arrependa e não castigue mais o povo. (Joel 1.14; 2.12-17).


· · Deus castigará os pagãos (povo que duvida de Deus e brinca com seus princípios) (Joel 3.2).


· · Os gentios (incrédulos) serão castigados (Joel 3.9-16).


3) DEUS PERDOA O POVO E O RESTITUI MATERIALMENTE E ESPIRITUALMENTE:


· (Joel 2.25-27).


· · Após o povo se arrepender de seus maus caminhos o Senhor os perdoou e os restituiu em tudo que perderam materialmente (v.26) e espiritualmente (v.28).


· · O povo de Deus estará protegido da sua ira se andar em seus caminhos (Joel 2.32).


· · O povo terá bênçãos de Deus (Joel 3.17-21).