terça-feira, 21 de abril de 2009


O CRISTÃO DEVE
FALAR PALAVRÃO?
Mt 12.34-37; Ef 4.29; Cl 3.8,9


• A fala é uma faculdade diferenciadora de ser humano (os animais não falam).


• É a expressão do nosso espírito, com ela expressamos nossas reações, sentimentos, idéias, desejos, pensamentos, etc.


• Além disso, o modo e o tom com que falamos normalmente refletem o estado do nosso ser interior (dizemos normalmente, porque podemos algumas vezes falar fingidamente).


• Já que o falar é a principal forma de expressão, a maioria dos pecados que cometemos é com a boca, e muitos outros pecados são também acompanhados por uma expressão verbal.


• A forma corrente de falar torna evidente a decadência moral e espiritual da presente geração.


• O vocabulário utilizado hoje em dia tanto por homens como mulheres, sejam adultos, crianças ou velhos, é um sintoma inconfundível da deterioração dos bons costumes e da pureza de espírito.


• Ao mesmo tempo é um testemunho eloqüente daquilo que impera no coração dos homens: atrevimento, irreverência, agressividade, pessimismo, derrota, leviandade, ironia, presunção, morbidez.



I. O QUE É UM PALAVRÃO?


Uma palavra de baixo calão, popularmente conhecida como palavrão, é um vocábulo que pertence à categoria de gíria e, dentro desta, apresenta cunho chulo, ofensivo, rude, obsceno, agressivo ou imoral sob o ponto-de-vista de algumas religiões ou estilos de vida.

Palavras de baixo calão, calão de baixo nível em Portugal ou simplesmente, palavrões, são formas inadequadas na norma culta da língua portuguesa e geralmente usados de forma popular ... / (http://pt.wikipedia.org/wiki/Palavr%C3%A3o)

II. O CRISTÃO, COMPRADO E LAVADO COM O SANGUE DE JESUS, PODE E DEVE FALAR PALAVRÃO?


Pessoas que falam palavrões na TV:João Gordo – da MTV - Dercy Gonçalves - Costinha (falecido) Ana Maria Braga, Faustão, Bial - Turma do Pânico


III. POR QUE SERÁ QUE ALGUMAS PESSOAS FALAM PALAVRÃO?


Veja algumas opiniões:


• Existem pessoas que usam o palavrão como um desabafo. (Débora, 16 anos)


• Quando se está de mau humor, o palavrão serve de escapatória. (Fabiano,14 anos)


• Se você está brigando com uma pessoa, é uma forma de "atingir" o outro.(Cinthia, 13 anos)


• Com o palavrão as pessoas demonstram seu lado " marginal". (Ronald, 18 anos)


• Há os que falam palavrão, porque todo mundo fala.(Reny, 17 anos)


IV. QUAIS SÃOS AS CONSEQÜÊNCIAS DO USO DE PALAVRÕES?


O uso dos palavrões traz conseqüências drásticas para os relacionamentos. Confira estas:


• Magoa e agride as pessoas;


• Provoca brigas e desentendimentos;


• Rompe amizades e relacionamentos;


• Faz brotar raiz de amargura.

V. COMO SE LIVRAR DOS PALAVRÕES?


- A gente se acostuma a falar palavrões, mesmo sabendo que isso é errado. É preciso se reeducar, pensar antes de falar. O importante é ter autocontrole.


1. TREINE MUITO


Torna-se difícil mudar o hábito de falar palavrões. É necessário muito treino.

Devemos orientar nossas mentes a reagir com as palavras certas.

Nos momentos de dor, distração e nas crises é que revelamos o que somos.

Reagir frente a essas situações sem palavras obscenas deve ser o nosso objetivo. Até eliminá-los por completo do nosso vocabulário. "Se te mostras fraco no dia da angústia, a tua força é pequena". Pv 24.10


2. FAÇA O TESTE - Antes de dizer algo a uma pessoa, faça um teste, perguntando a si mesmo:


• Jesus diria o que estou querendo falar?


• Eu diria isso a Jesus? "Sejam imitadores de Deus". Ef 5.1


3. CONSIDERE O LUGAR


Já aconteceu de você encontrar-se em situações onde é difícil definir o que é obsceno e impróprio? Nestas circunstâncias, para decidir o que é ou não aceitável, é preciso considerar os padrões sociais e a cultura do lugar onde está.

Há certos termos que é seu costume usar, e ao seu parecer não existe problema nenhum em citá-los. Dependendo da situação ou lugar em que está, pode ser considerado como uma palavra vulgar.

Cabe a você, respeitar e considerar as pessoas, não falando tais palavras. Isso ajudará no seu bom testemunho e não escandalizará os que ouvem. "Se a comida serve de escândalo a meu irmão , nunca mais comerei carne, para que não venha a escandalizá-lo". 1 Co 8.13

4. FALE PARA EDIFICAR


Um palavrão consiste em tudo que traz uma associação mental, com duplo sentido e cheio de malícia.

Se o que você disser a alguém for bom, e poderá ajudá-lo, então diga. Mas, se provocar tentação, duplo sentido e malícia na mente do outro, então não fale. Diga apenas o que edifica.


Evite conversas obscenas e piadas maliciosas. "Não saia da vossa boca nenhuma palavra torpe, e sim, unicamente a que for boa para edificação, conforme a necessidade, assim transmita graça aos que ouvem." Ef 4.29


CHEGA DE PALAVRÃO!


De sua boca só saem palavras sujas e maliciosas? Então é bom você parar e analisar o que tem dentro de si mesmo.

Será que você não está dando mais ouvidos ao que dizem por aí, do que construindo sua vida com coisas sadias, que contenham as verdades de Deus?

Está na hora de passar um tempo maior com o Pai, e recorrer à Sua Sabedoria, que se encontra na Bíblia Sagrada.

Você é capaz de ir contra a turma e não entrar nessa de só falar palavrão? Pense muito bem a quem você quer agradar. Ao usar os padrões de Deus você não agradará a toda a turma. Alguns não entenderão sua atitude e podem até rejeitá-lo.

Será que são amigos verdadeiros, esses que não aceitam o seu jeito de ser? Só querem que você viva da maneira deles?

Seja diferente e faça diferença aos seus amigos. Tenha certeza que eles o respeitarão e irão refletir, se o que estão fazendo é certo ou errado. Vamos dizer um basta à turma do palavrão, e elevar o nível das nossas conversas! "... e a boca fala do que está cheio o coração." Lc 6.45



Meus irmãos a nossa língua deve ser usada para edificação do próximo, para profetizar bênçãos, cantar louvores, conversas boas e agradáveis, confessar nossos erros uns com os outros, orar um pelos outros, em fim tudo que for bom e para edificação. “Não saia da vossa boca nenhuma palavra torpe, mas ó a que seja boa para a necessária edificação, a fim de que ministre graça aos que a ouvem.” Efésios 4.29.


Nossa boca deve ser um canal de bênçãos, não de maldição com palavras pervertidas, pornográficas, piadas usando o nome de Deus, palavrões e muitas outras impurezas que saem da boca. “Se alguém cuida ser religioso e não refreia a sua língua, mas engana o seu coração, a sua religião é vã.”.


A Palavra de Deus diz que vamos dar conta de tudo o que falamos que é inútil. “Digo-vos, pois, que de toda palavra fútil que os homens disserem, hão de dar conta no dia do juízo.” Mateus 12.36.


Nosso falar é de muita responsabilidade, tudo que fizermos em nossa vida deve ser espelhado em Cristo. Se você sente dificuldade de lidar com suas palavras, peça ao Senhor em oração para modificar seu falar, e se preciso compartilhe com algum irmão de sua confiança afim de que ele te ajude, pois às vezes estamos tão acostumado a fazer algumas coisas que parece até que nós não estamos errando, mais aquele erro é tão comum em nossas vidas que fazemos naturalmente, peça a Deus sabedoria para que você possa ser uma benção por onde você passar, onde você estiver.


Que Deus te abençoe.




AUTOR DA PESQUISA:
Pr. Robernane Ferreira Lima

AS MENTIRAS
QUE DIZEMOS
PARA NÓS MESMOS
(Tiago 4:7-12)


· Como é que o diabo mais ataca os crentes? É através da mentira.


A Bíblia em João 8:44 afirma: “Que o diabo é o Pai da mentira”.


· Agora, como é que o diabo fala mentira para nós? O diabo é um espírito, então ele sopra nos ouvidos. Ele não fala na 3ª pessoa. Fala sempre na 1ª pessoa. E nisto a pessoa entende que é ela que está fazendo tais afirmações.

Ex. “Eu não consigo”


· · O que devemos fazer então?

Como o texto nos mostra (v.7) precisamos resistir a ele, crendo naquilo que a Palavra de Deus diz para nós.


Vejamos então quais são estas mentiras que dizemos de nós mesmo:


Primeira Mentira:

“Eu não tenho tempo”


· Para orar, estudar a palavra, visitar alguém, fazer consolidação de alguém, participar do culto,etc.


· Mas a palavra de Deus nos diz em Mateus 16:26.


· Amados, o Reino de Deus tem de vir em 1º lugar. Essa tem de ser a prioridade.


Segunda Mentira:

“Eu não tenho tempo. Depois eu faço isso.”


· E quem se permite dar ouvidos a esta mentira, deixa sempre as coisas para depois.


· “Não se envolva com Deus, você é novo demais! Quando for mais velho terei tempo”.


· · A palavra de Deus de Deus nos diz: (I Pe 1:24; Tg 4:14).


· Hoje é o dia de nós servimos a Deus, não sabemos do amanhã. Este, a Deus pertence.

Terceira Mentira:

“Ninguém vai me ver”


· Engano seu querido, “os olhos do Senhor estão sobre todo “homem”.


· Isso por um lado é benção saber que os olhos de Deus te acompanham em todo tempo. Isso nos traz refúgio, paz, todavia esse fato tem implicação: não existe privacidade!


· Então não tente uma vida dupla. Amados, não basta termos encontros com Deus, precisamos é permanecer na presença de Deus.


Quarta Mentira:

“Deus sabe que sou assim, Ele me fez assim”


· Isso é verdade irmãos?

Vejamos o que nos diz a Palavra a respeito do próprio Lúcifer, em (Ez 28:15).


· “Ah eu sou nervoso. Isso é coisa de temperamento. Toda minha família é assim.”


· Mentira! Deus não faz ninguém sem domínio próprio, o Senhor nos fez perfeitos.


· (Atos 17:30) - (Lucas 13:4)


Quinta Mentira:

“Eu posso fazer o que eu quiser. Basta pedir perdão depois”.


· O pecado na vida de um crente é um acidente.


· Note o sangue de Jesus não é limite de crédito, para que pequemos contando com o perdão dEle.


· Quando se usa da graça de Deus desta maneira indevida, isso é chamado de rebelião.


· (Hb 10:26 a 31).

Sexta Mentira:

“Se as minhas intenções são boas, então ta tudo bem”


· Se eu sou sincero, isso basta! Isto é mentira do diabo.


· É óbvio que sem um coração sincero, ninguém poderá se aproximar de Deus. Mas só sinceridade, só não basta, mas sim a vontade de Deus.


· (I Cr. 13:5-10) Davi tinha boa intenção. Foi até um desejo sincero de agradar a Deus. Mas por não fazer o correto, o resultado foi a morte de Uzá.


Sétima Mentira:

“A maioria das pessoas faz assim”


· O diabo vai sempre querer sussurrar isto no teu ouvido. “Todo mundo faz, porque eu não posso fazer”.


· A Bíblia nos orienta que não podemos seguir o curso da maioria, mais sim a vontade de Deus, que encontramos na Sua palavra.


· Nós somos deste mundo ( I João 2:15-17)


· Somos embaixadores de Cristo aqui na terra. As normas que se obedecem em uma embaixada, num determinado país, não são as do País onde está a embaixada, mas sim as do local de origem da mesma.


· Aleluia! Você é como Elias, perturbador de Israel (1Rs 18:17).


Oitava Mentira:

“Eu já sou velho já fiz a minha parte, já dei minha contribuição”


· E nisto a pessoa se acomoda e não faz nada para Deus. Isso é mentira do diabo!


· Os idosos eram atuantes na igreja primitiva (Tito 2:2-5, Atos 15:22). Note que o texto deixa claro a proposta do discipulado.


Nona Mentira:

“Não adianta pregar pra ele”


· Mentira do diabo. É mentira porque não é a pessoa que se converte mais sim Deus que converte a pessoa.


· Não somos nós que escolhemos a Deus, Ele é quem nos escolhe.


· Se Deus nos converteu, Ele converte qualquer um.


Autor deste Esboço:Pr. Luiz Eduardo S. Silva