sábado, 21 de novembro de 2009


A FONTE DE GIDEÃO

Juízes 07.1-7


1. Então Jerubaal (que é Gideão) se levantou de madrugada, e todo o povo que com ele havia, e se acamparam junto à fonte de Harode, de maneira que tinha o arraial dos midianitas para o norte, no vale, perto do outeiro de Moré.

2. E disse o SENHOR a Gideão: Muito é o povo que está contigo, para eu dar aos midianitas em sua mão; a fim de que Israel não se glorie contra mim, dizendo: A minha mão me livrou.

3. Agora, pois, apregoa aos ouvidos do povo, dizendo: Quem for medroso e tímido, volte, e retire-se apressadamente das montanhas de Gileade. Então voltaram do povo vinte e dois mil, e dez mil ficaram.

4. E disse o SENHOR a Gideão: Ainda há muito povo; faze-os descer às águas, e ali os provarei; e será que, daquele de que eu te disser: Este irá contigo, esse contigo irá; porém de todo aquele, de que eu te disser: Este não irá contigo, esse não irá.

5. E fez descer o povo às águas. Então o SENHOR disse a Gideão: Qualquer que lamber as águas com a sua língua, como as lambe o cão, esse porás à parte; como também a todo aquele que se abaixar de joelhos a beber.

6. E foi o número dos que lamberam, levando a mão à boca, trezentos homens; e todo o restante do povo se abaixou de joelhos a beber as águas.

7. E disse o SENHOR a Gideão: Com estes trezentos homens que lamberam as águas vos livrarei, e darei os midianitas na tua mão; portanto, todos os demais se retirem, cada um ao seu lugar.

INTRODUÇÃO

- Esta mensagem é uma palavra que vai impactar seu coração, mas para isso você precisa abrir seu coração e deixar que a palavra do Senhor faça morada em ti, pois conhecereis a verdade e a verdade vos libertará.

- Quero falar de um evento grandioso que marcou a vida do povo de Deus, quando um homem se propôs a fazer a vontade de Deus.

- Este homem é conhecido por Gideão, alguém que saiu do nada, do abstrato para se tornar um Juiz, para se tornar uma ferramenta nas mãos do Todo Poderoso. Mas também veremos o que acontece com aqueles que se metem no caminho de uma ungida por Deus, por isso a bíblia diz que coisa terrível é cair nas mãos do Deus altíssimo.

- Mas o enfoque se dará a aqueles que estavam com Gideão em um propósito de livrar Israel de sete anos de sofrimento e humilhação causada pelos inimigos, os Amalequitas e Midianitas.

- Quero chamar a atenção do povo de Deus para a batalha, pois sabemos e cremos que os dias ficam cada vez mais difícil, e não podemos nos omitir da luta, e a palavra do Senhor nos alerta que Ele nos deu espírito de poder e não espírito de medo.

- Então vamos juntos aprender sobre os mistérios do Altíssimo e assim crescermos juntos e vencermos todos os inimigos.

I. QUEM ERA GIDEÃO?

- Seu nome traduzido é “O talhador”. Era filho de Joás, da tribo de Manasses. Também foi chamado Jerubaal (Jz-6:32) que significa “baal que se vire”, e Jerubesete (II Sm-11:21) que significa “contenda com ídolo”.

- Habitava na cidade de Ofra, e foi escolhido por Deus de um modo muito extraordinário para libertar os israelitas do jugo dos midianitas, sob o domínio dos quais, Israel tinha sofrido pelo espaço de sete anos.

- Os inimigos rapaces e cruéis destruíam todos os anos, os produtos da terra de Canaã, à exceção dos que podiam ser escondidos nos retiros fortificados das montanhas. Foi Gideão o sétimo juiz de Israel, que julgou os israelitas pelo espaço de cinqüenta anos, e também recusou ser o rei de Israel.

- Em seus dias, Israel abandonara a Deus e estava numa condição muito debilitada, atemorizado por ladrões midianitas, que saqueavam o país e faziam à vida intolerável (Jz 6:1-5).

- Este era o homem que Deus escolheu para livrar Israel das mãos dos inimigos. Agora analise comigo a atitude de Gideão. Segundo suas próprias palavras, ele era pobre, alguém que aos olhos da sociedade não merecia créditos ou confiança, mas se analisarmos bem, veremos que provavelmente durante a noite Gideão colhia o trigo e durante o dia ele malhava o alimento no lagar, que era o lugar de se pisar a uva, pois o trigo era batido na eira e não no lagar.

- Isso nos mostra a vontade de Gideão em ter suprimentos para sua família, pois se não fizesse assim os inimigos levariam seu alimento e os deixaria passando fome.

II. QUEM ERAM OS INIMIGOS DE ISRAEL – Jz 6:3

- Israel havia se desviado dos caminhos do Deus Eterno, e descambado para idolatria. Então Jeová permite que inimigos se levantem para oprimir o povo, e naquela época levantaram se os Midianitas e os Amalequitas. E por sete longos anos eles subiam e tomavam todo o alimento e arrebatavam todo o rebanho do campo. E para sobreviver os Israelitas escondiam alimentos.

- Os Midianitas eram parentes dos Israelitas, pois eram descendentes de Mídiã, um filho de Abraão e Quetura em seu segundo casamento. Era um povo nômade que vivia ao leste do rio Jordão do mar Morto, ou seja, ficavam no lado oriental de Gileade, Moabe e sul de Edom para o noroeste da Arábia.Os Amalequitas era uma tribo também nômade, localizada no Neguebe, na península do Sinai, eram descendentes de Amaleque, neto de Esaú (Gn-36:12,36).

- Os Midianitas e os Amalequitas formaram uma coalizão, para ferirem a Israel.

- Sabe o que aprendo aqui? É que muitas vezes, ou na maioria das vezes, nossos inimigos estão perto de nós, são os da nossa casa.


III. O EXERCITO DE GIDEÃO

- A bíblia nos revela que após uma conversa com o Anjo do Senhor, que segundo alguns estudiosos era uma Tofania, Gideão conclama ao povo para irem para guerra, e ajunta um exército de 32.000 homens, que para conseguirem lutar, cada um do exército de Israel teria que matar 4 homens do exército inimigo, mas como Deus manda dizer aos covardes que voltem para casa, então só ficou 10.000 homens, o que tornou a coisa mais difícil, pois cada Israelita agora teria que matar 13 homens inimigos. Novamente Jeová manda que se levem os 10.000 para beberem água, e dentre estes 9.700 são liberados, ficando 300 homens, que agora teriam que matar cada um, 4.333 homens do exército inimigo.

- Gideão tinha apenas 300 homens que de acordo com as palavras do Anjo venceriam os inimigos.

- É quase difícil de acreditar que isso seria possível, mas quando a palavra de Deus está empenhada no negócio, então não haverá derrotas.

- Você pode estar hoje diante da maior adversidade de sua vida, mas se entregar sua vida a Jesus, sua vitória chegara, e então você cantará um cântico de vitória e se exultara.

IV. A FONTE DE GIDEÃO

- O texto em epígrafe é bem claro. Gideão se acampa na fonte de Harote, que significa “fonte do medo, do terror” (Jeová parece sempre brincar com as palavras). Então Deus ordena a Gideão leve os 10.000 para beberem água.

- Talvez aquelas águas aos olhos do povo de Israel, fossem águas desprezadas, mas a sede era grande e bem sabemos que o corpo humano é formado de 70% de água, e naquela situação eles não suportariam a batalha.

- Muitas vezes achamos que Deus na virá a nosso socorro, pensamos que estarmos sozinho, mas saiba de uma coisa, Jeová nunca fará aquilo que você pode e tem capacidade de fazer, Ele faz o que para nós é impossível.

- Ele nos levará a uma fonte de Harote, e teremos que beber da água, e naquele momento algo sobrenatural irá acontecer.

- Fico a pensar por que Deus escolheria seu exercito no momento de beberem água. Ou o porquê muitos nem chegaram a provar daquelas águas.

- A fonte de Gideão é a resposta para muitas de nossas perguntas. É também a solução para nossos problemas, é o remédio na hora certa.

- Então orei a Deus e lhe pedi que me fizesse chegar a fonte de Gideão, e o Senhor me revelou esta palavra.

CONCLUSÃO

- Posteriormente aquele lugar que antes era a fonte do terror e do medo, passou a se chamar A FONTE DE GIDEÃO, pois ali se iniciou a vitória de 300 homens contra 130.000 homens, mas com uma diferença.

- É que os 300 de Israel estavam na direção de Deus e os 130.000 Midianitas e Amalequitas, NÃO!!!!!!!!

- Precisamos ainda hoje achegar a fonte das águas de Gideão. Dobre seus joelhos ainda hoje e peça para o Senhor te fazer beber das águas da FONTE DE GIDEÃO.

- Deus manda que os 10.000 desçam ás águas e ali Gideão se posiciona e penso que manda que de dez em dez bebam água e os que ajoelhavam e enfiavam a cabeça nas águas pusesse a parte, e os que agachassem e levasse a água na boca também colocasse a parte.Preste atenção. 9.700 beberam das águas e mataram a sede, mas foram displicentes podendo ser surpreendidos pelo inimigo enfiando a “cara” na água.

- E assim ainda hoje muitos se entregam á Jesus e não mais vigiam, ficando vulneráveis ao ataque do inimigo e são derrotados, não provando do gosto da vitória.Porém 300 homens, que são a minoria, beberam da água e mesmo na hora de saciarem a sede, continuaram vigiando o inimigo para não serem surpreendidos, e esses foram vencedores, e provaram do milagre de Jeová no meio da batalha.

- A Fonte de Gideão ainda hoje está a jorrar a água. Mas, Quem beberá da fonte e continuará na peleja?E disse Jesus a mulher samaritana:João-413.

- Replicou-lhe Jesus: Todo o que bebe desta água, tornará a ter sede;14. Mas quem beber da água que eu lhe der, nunca mais terá sede; pelo contrário a água que eu lhe der, virá a ser nele uma fonte de água que mana para a vida eterna.

JESUS É A FONTE DE GIDEÃO PARA OS DIAS DE HOJE.



AUTOR: Pr. Alexandre Augusto



Um comentário:

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.