domingo, 10 de maio de 2009


O GRANDE DESAFIO
DE SER MÃE


Mc. 3:31-35



- Ser mãe, é um dos maiores sonhos de uma mulher.



- Há vários tipos de mães neste mundo. (Há mães que, ao dar a luz, abandonam seu filho ou sua filha no lixão da cidade, ou dentro de um cesto na porta de algum estabelecimento, outras, ao saber que tem dentro de si uma vidinha, abortam friamente para não se sentirem prejudicadas, etc...



- Mas há mães, que desejam seus filhos antes mesmos deles nascerem, e ao nascerem, amam seus filhos até o fim, aconteça o que acontecer...).



- Na palavra de Deus, vemos a vida de uma mãe que recebeu a graça de Deus, para conceber a vida de nosso Senhor Jesus Cristo, seu nome é Maria.



- Um anjo do Senhor apareceu à Maria e disse: "Maria, não temas; porque achaste graça diante de Deus. Eis que conceberás e darás à luz um filho a quem chamarás pelo nome de Jesus." (Lc. 1:30-31).



I. SER MÃE, É CONSAGRAR OS FILHOS A DEUS, RECONHECENDO QUE DEUS É O DONO DE TODA A VIDA.



- Jesus, ainda bebê, foi levado ao templo de Jerusalém e apresentado ao Senhor. Isto era um gesto de consagração da criança a Deus. Significava que os pais estavam entregando a criança nos braços do Senhor, reconhecendo que a criança era do Senhor.



- Não há maior honra para uma mãe, do que quando nasce um filho e ela toma em seus braços e entrega ao Senhor Deus Todo-Poderoso.



- Há mães que, ao invés de levarem seus filhos ao Senhor Jesus, levam aos demônios, dentro de um terreiro espírita, para as benzedeiras ou benzedeiros, etc...



II. SER MÃE, NÃO É APENAS GERAR FILHOS, MAS CONDUZIR SEUS FILHOS NO CAMINHO DA VIDA, QUE É JESUS. (Mc. 3:31-32)



- Uma mãe tem influência muito grande sobre seus filhos.



- A vida e o ministério de Jesus deixaram sua família incrédula. Nem a mãe e nem os parentes de Jesus cria nele. (Mc. 3:20-21).



- Se a mãe e a família de Jesus observasse na palavra de Deus, iam perceber que eles é quem estavam errados e não Jesus.



- Muitas vezes os pais pensam que estão fazendo o melhor para os filhos, mas no fundo estão dando o pior. Pôr isso é importante conduzir os filhos à palavra de Deus.



- Jesus reconhecia que ele não era bem visto pela sua família. (Mc. 6:4-6).



- No final da vida de Jesus aqui na terra, sua família se converteu e foi salva.



III. O MAIOR PRAZER DE UMA MÃE, É SENTIR O AMOR DE SEUS FILHOS, ATRAVÉS DE GESTOS, PALAVRAS E AÇÕES.



- Na hora da crucificação de Jesus, quando ele estava pendurado no madeiro, a Bíblia diz: "Vendo Jesus sua mãe, e junto a ela o discípulo amado, disse: Mulher, eis aí o teu filho. Depois disse ao discípulo: Eis aí a tua mãe. Dessa hora em diante o discípulo a tomou para casa". (João 19:26-27).



- O maior desgosto para uma mãe é depois que criou todos os filhos, ser lançada em um asilo longe daqueles que ela mais amou.




FONTE: http://www.ibrest.org.br/dias_mae.php

Nenhum comentário:

Postar um comentário