quinta-feira, 30 de abril de 2009


QUE TIPO DE
CRISTÃO É VOCÊ?
Nm 13.1-3; 26-33


· "Um pessimista vê uma dificuldade em toda oportunidade; um otimista vê uma oportunidade em toda dificuldade."


· "Sou um otimista. Não parece adiantar muito, ser outra coisa qualquer."


Veja os 3 diferentes tipos:


a. Você é daqueles que acreditam que o MELHOR DE SUA VIDA AINDA ESTÁ POR VIR? Estes são os otimistas.


b. Você é daqueles que acreditam que o melhor já se foi, e que agora O PIOR ESTÁ POR VIR? Estes são os pessimistas.


c. Você é daqueles instáveis que vivem OSCILANDO ENTRE UM PENSAMENTO E OUTRO? Estes são os Instáveis. Deus não gosta deste estilo inconstante de vida - I Rs 18.21


Homens comuns tendem a ser pessimistas e homens de fé são otimistas! Que tipo de crente você é? Comum ou de fé?


Os pessimistas...

1. TENDEM ENXERGAR O TAMANHO DO PROBLEMA ISOLADAMENTE: Nm 13.31


"Não podemos atacar aquele povo; é mais forte do que nós".


2. TENDEM ESPALHAR O PESSIMISMO AO SEU REDOR: Nm 13.32

“E espalharam entre os israelitas um relatório negativo acerca daquela terra.”

Você tem espalhado um relatório negativo acerca dos desafios da vida?


3. TENDEM A SUPERESTIMAR O TAMANHO DO PROBLEMA: Nm 13.32


“Disseram: "A terra para a qual fomos em missão de reconhecimento devora os que nela vivem.”


4. PERDEM A CHANCE DE EXERCER A FÉ EM DEUS: Nm 13.32-33


· Quando você não olha para Deus todo o obstáculo é grande, você só enxerga gigantes na terra.


· Sabe o que eles ganharam com sua falta de fé? Com seu pessimismo? Com sua incredulidade? Justamente o que acreditaram! Não puderam entrar na terra.


· Eles acreditaram que não seria possível, e receberam exatamente isso: Deus não permitiu que toda aquela geração entrasse na terra boa.


· Em Mc 11.23, Jesus nos ensinou a exercitar a fé. Os Otimistas:São como Josué e Calebe.


· Aqui temos dois espias que trouxeram um relatório bem diferente. Não negaram que havia gigantes na terra.


· Nm 13.30 – Veja a bravura de Calebe.


· Você que tem gigantes em seu caminho levante-se e diga comigo: É CERTO QUE VENCEREMOS!


· Jesus respondeu: "O que é impossível para os homens é possível para Deus" Lc 18.27.

Os otimistas...

1. OLHAM AS OPORTUNIDADES EM PRIMEIRO LUGAR: Nm 14.7

"A terra que percorremos em missão de reconhecimento é excelente.”


2. COLOCAM A FÉ PARA GUIAR A SITUAÇÃO: Nm 14.8

“Se o SENHOR se agradar de nós, ele nos fará entrar nessa terra, onde manam leite e mel, e a dará a nós.”


3. FAZEM A SUA PARTE DIANTE DE DEUS: Nm 14.9

“Somente não sejam rebeldes contra o SENHOR.”


4. NÃO SÃO GUIADOS PELO MEDO: Nm 14.9


Veja a diferença de visão:

Para os pessimistas, eles seriam devorados, como por uma nuvem de gafanhotos, agora a visão de Josué e Calebe, os gigantes é que serão devorados como se fosse pão!


5. DECLARAM TOTAL DEPENDÊNCIA E CONFIANÇA EM DEUS: Nm 14.9

“A proteção deles se foi, mas o SENHOR está conosco. Não tenham medo deles!"


· Note bem: em nenhum momento Josué e Calebe disseram que não existiam gigantes na terra, todavia só não se deixaram encher de pessimismo e não permitiram que isso lhes roubasse a fé.


· Eles disseram: somos capazes de vencer os gigantes, porque o Senhor está conosco!


Conclusão:


· Que Deus faça cair sobre sua vida a mesma unção que ele deu a Josué e Calebe, uma unção graciosa de fé, coragem, de ousadia.


· · “Estejam vigilantes, mantenham-se firmes na fé, sejam homens de coragem, sejam fortes.” – I Co 16.13.


· · Quando você falar acerca dos gigantes, problemas, desafios que existem em sua vida não fale com medo, fale com fé, determinação, confiança, ousadia.


· · Fale pensando no tamanho de Deus e não no tamanho dos inimigos de Deus.


· · Antes de dar um relatório negativo, pessimista, desacreditado, pense em Deus, porque a fé sempre dará lugar a uma palavra otimista!


Creia!......................................................................................

O MEU MELHOR AINDA VIRÁ - II Cr 20.20; Ef 3.20



FONTE: PIB em S. J. dos Campos-SP, 19 de Agosto de 2007 .Pregador: Pr. Carlito M. Paes

quarta-feira, 29 de abril de 2009


A MÃO DE DEUS
1 Pe 5.5-7


O v.6 fala da mão de Deus.


I. O QUE SIGNIFICA A MÃO DE DEUS?


· A mão de Deus é a mão protetora, é a mão que abençoa.


· É a mão do Pai que ama a seu filho e que o guia pelos caminhos corretos.


· · Um pai, em seu verdadeiro juízo, não deseja que algo ruim ocorra a seu filho, por isso, procura levá-lo pelos caminhos corretos, pelos caminhos em que não se ache nada em que o filho possa tropeçar, cair e se perder.


· O filho, então, tem essa sensação de paz e de tranqüilidade: ele caminha por lugares em que nunca andou, mas confia na mão do pai que o segura e guia.


· · Por isso o Senhor nos diz: “Não temas. Eu te levo. Eu te tomo por minha mão direita e não te deixarei até que chegue e tenha contigo aquilo prometi fazer.” Aleluia!


Agora …

II. COMO OPERA A MÃO DE DEUS?


· Diz a Bíblia, aqui no v.6, que para sermos honrados, pela mão de Deus, no tempo certo ou exaltados no tempo devido, é preciso que nós nos sujeitemos humildemente debaixo da mão de Deus.


· · Então, a mão de Deus para operar em nossa honra, em nossa exaltação, precisa que estejamos dispostos a nos agarrar nela.


· · E nem eu nem você, deveríamos encontrar dificuldade para nos agarrarmos à mão de Deus e nos humilharmos debaixo dela, ainda que pareça que Deus não esteja fazendo nada.


· · Porque, amado, Deus é Deus. Se a mão dEle tem tomado a sua e tem se agarrado à sua, é porque Deus tem proposto levar você ao outro lado da avenida, em completa segurança, a fim de cumprir na sua vida o propósito que Ele tem planejado para você em Cristo Jesus! Aleluia.


· Para Moisés, Deus disse: “…Ter-se-ia encurtado a mão do Senhor?”. (Nm 11.23).


· E o profeta Isaías anunciou: “Eis que a mão do SENHOR não está encolhida, para que não possa salvar…”.


· · Quando você se humilha debaixo da poderosa mão de Deus, a Bíblia diz no Salmo 23, que você estará comendo em frente dos seus inimigos e numa outra parte, a Bíblia diz que seus inimigos não te poderão tocar.


· · A Bíblia até diz: “Horrenda coisa é cair nas mãos do Deus vivo”! (Hb 10.31).


Agora, quais são os…

III. RESULTADOS DE ESTAR DEBAIXO DA PODEROSA MÃO DE DEUS?


· Aqui em 1Pd 5.6, diz que a mão de Deus nos promove, nos exalta. Está escrito: “ele te exaltará”.


· Ouça, se humilhando debaixo da poderosa mão de Deus, fazendo isso, tarde ou cedo, você alcançará posição de honra, você será exaltado.


· O Senhor diz que te exaltará, ainda que você seja débil, ainda que não tenha forças, mas porque você está segurado pela mão de Deus, Ele te exaltará!


· · Agora, no reino de Deus, para ser promovido, muitas vezes ocorre alguns passos para atrás. Foi assim com a vida de José quando Deus lhe deu uma visão de liderança. Os irmãos tiveram José por louco, mas cheios de inveja, o venderam. Depois, José até chegou a ser colocado num poço e a vida dele foi perdendo o brilho. Parecia que o propósito de Deus não iria se cumprir.


· · Mas, quando parece que o filho de Deus andou para atrás, é quando ele está para ser exaltado por Deus.


· · Daniel também experimentou isso. O rei Nabucodonosor proibiu a adoração a Deus e decretou que sua própria estátua fosse cultuada. Mas Daniel era temente a Deus e orava três vezes por dia. E por causa disso foi lançado na cova de leões, de leões ferozes, ferozes e famintos… parecia o fim de Daniel.


· Porém, o Senhor o tirou de lá; Deus levantou Daniel da cova, mas humilhou o rei… porque Deus promove, Deus levanta aqueles que se humilham debaixo de sua poderosa mão e Ele envergonha os inimigos dos seus filhos…


Como diz o Sl 23: Deus põe uma mesa para seus filhos na presença de seus inimigos.


· · Portanto, ouça: quando você se coloca debaixo da mão de Deus, ainda que pareça que você andou para atrás, é porque você vai ser colocado adiante, é porque chegou a hora em que Deus te exaltará.

· · Então, ainda que pareça que o seu sonho, a sua visão esteja demorando se cumprir e parece que você andou para atrás, ouça o que o Senhor te diz: “Eu vou te exaltar na presença de teus inimigos”.


Conclusão


· Deus tem um projeto para a sua vida. Deus criou você para um propósito!


· · Você não nasceu por casualidade; você nasceu porque Deus tinha um propósito contigo. Deus tem um plano para te colocar numa posição de honra!


· · Humilhe-se, pois, debaixo da poderosa mão de Deus e você será exaltado em tempo oportuno!




AUTOR: Pr. Walter Pacheco da Silveira

terça-feira, 28 de abril de 2009


LUTE POR AQUILO
QUE VOCÊ PLANTOU
II Sm 23:11


· Um dos fatos mais importantes em relação à vida crista é que no mundo espiritual existe uma guerra. Satanás, vêm lutando contra a obra de Deus e conseqüentemente contra os filhos de Deus.


· · A partir do momento que nos declaramos de Jesus Cristo também nos declaramos contra o diabo e suas obras. Sabemos que a obra de satanás é aquilo que Jesus Cristo disse em João 10:10 “ O diabo vem somente para roubar, matar e destruir..”


· · Por isso nós vamos hoje lutar na autoridade de que nos dada por Jesus para proteger a nossa grande colheita.


· · O mundo espiritual não dorme, o diabo e seus anjos não descansam, mas estão em constante ataque aos servos de Deus e a Igreja.


· · Por muito tempo satanás roubou nossas vidas, levando nossos frutos e ainda o ânimo de vida.


· · Satanás é sujo, pois vem tirar a disposição de luta para que assim fiquemos prostrados e conformados com o roubo.


· · Mas como um valente de Deus, hoje você vai proteger aquilo que você plantou e ninguém vai roubar a colheita que Deus preparou para sua vida.


QUAIS SÃO OS OBJETIVOS DE SATANÁS?
1º. OBJETIVO: SATANÁS QUER ROUBAR A SUA COLHEITA


Ele que roubar o suprimento povo de Deus.


· Samá era um dos valentes de Davi e ele num momento de guerra defendeu um campo de lentilhas.


· Aquele campo de lentilhas era o suprimento do povo que fora plantado e no momento da colheita o inimigo queria tomar.


· Samá lutou porque era um verdadeiro discípulo de Davi.·

· Nós temos que entender que quando somos roubados não é algo isolado, é na verdade uma estratégia do inimigo de enfraquecer o corpo.


· · Satanás quer tirar o suprimento do povo de Deus para que este fique sem condições de viver uma vida abundante.


· · Foi o que aconteceu com Davi em Ziclague, o inimigo roubou o suprimento, aquilo que era a estrutura de Davi e de seus homens.


· · Imagine tudo que você plantou e cuidou de uma hora para outra ser roubada de forma violenta. I Samuel 30: 1-3


· · Hoje todo roubo está denunciado, toda tentativa de satanás de querer tirar os frutos de sua conquista está quebrado em nome de Jesus Cristo.


QUAIS SÃO OS OBJETIVOS DE SATANÁS?
2º. OBJETIVO: DEIXAR-NOS SEM ÂNIMO PARA PROSSEGUIR. I Sm 30.4


· Uma pessoa desanimada é alguém sem vida.


· Você já viu uma pessoa desanimada conquistar?


· Tem gente que vive debaixo de mentiras do inferno, pois dizem “Nem adianta lutar, não vou conseguir mesmo, ‘e melhor eu ficar aqui quieto!!“, “Para que levantar e ir procurar emprego, não vou achar !!!”


· · Eu tenho uma palavra de Deus para você, é : Is 40:31


QUAIS SÃO OS OBJETIVOS DE SATANÁS?
3º. OBJETIVO: FAZER DE VOCÊ UM DERROTADO. SATANÁS QUER FAZER DE VOCÊ UM DERROTADO.


· O homem religioso fica sempre se lamentando de suas lutas e o seu sentimento é rejeitar a luta.


· · Luta para o religioso é uma desgraça para sua vida.

· Luta contra o reino das trevas para o homem de Deus é a oportunidade de Deus envergonhar o diabo.


· · Satanás quer nos deixar acabados, debaixo de acusações e envolvidos pela impotência humana.


· · Davi quase foi destruído, porque tinha se associado à deformação do povo, que chorava as suas perdas. I Sm 30.6


· · Enquanto o povo fugia, Samá entrou no campo de lentilhas para defendê-lo.


· · Hoje o Senhor vai te dar ousadia e toda miséria que queria dominar a sua vida vai cair pelo poder de Deus em nome de Jesus.


· II Tm 1.7


Diga: “EU NÃO SOU DERROTADO, EU NÃO VOU FUGIR DAS BATALHAS, VOU ENFRENTAR MEUS INIMIGOS E MEU DEUS VAI ME REANIMAR PARA REAVER TUDO QUE ME FOI ROUBADO”


CONCLUSÃO:


Existem coisas que você semeou que foram esquecidas, mas hoje o Senhor cerca o seu campo com a Sua Glória e te livra do espírito de roubo.




segunda-feira, 27 de abril de 2009


MARCAS DE HOMENS
QUE ESTIVERAM
COM JESUS
Atos 4.13


A primeira marca é que...

Eles Têm Fome Por Mais de Jesus


* Os que gastam tempo com Jesus, nunca estão satisfeitos, sempre querem mais, querem conhecer a Jesus melhor... querem ficar mais próximos dEle.


* Muitos crentes, só querem de Jesus, o suficiente para ficarem livres do juízo final... só querem, por exemplo, uma hora na igreja todos os domingos, e nada mais do que isso.


* São crentes que estão no esquema de "manutenção da fé", dando a Jesus só o básico: um culto por semana, uma oração resmungada a cada dia, e talvez uma olhada do tipo "vapti-vupti" na Bíblia...


* Em resumo, são crentes que evitam chegar muito perto de Jesus, porque desconfiam que se lerem muito a Bíblia, ou se passarem algum tempo em oração, o Espírito Santo irá fazer algumas exigências que eles não querem cumprir.


* Mas a Bíblia revela o que Deus quer para cada crente: (Ef 4:11-15). Mas a única maneira de amadurecer na vida cristã, é querendo mais de Jesus! E quando o crente quer mais de Jesus, esse desejo, essa fome, é visível nele.


* Crentes famintos por Deus, falam sobre Deus, conversam sobre Deus... são em geral, irmãos que entram fácil na dimensão do Espírito... eles sempre podem contar algo do seu tempo no quarto, passado com Jesus.


* Crentes que têm estado com Jesus, são diferentes de todos os outros e têm algo mais do que esmolas para oferecer. Aleluia!

A segunda marca que diferenciam os crentes que têm estado com Jesus, é que...

Eles Têm Ousadia


* Quanto mais uma pessoa fica com Jesus, mais ela se torna como Jesus, em pureza, em santidade, em amor. E isso cria nela uma grande ousadia para Deus. Esse v.13 revela isto: Eles viram ousadia em Pedro e em João.


* Não tem aqui os detalhes daquela reunião das autoridades querendo condenar Pedro e João...Porém, podemos imaginar aqueles homens entrando na sala com cerimônia, ocupando seus assentos aveludados, todos vestidos à caráter... e entrando com pose a fim de intimidar Pedro e João.Mas Pedro e João não ficaram intimidados, em absoluto. Eles haviam estado com Jesus lá no cenáculo.


* Então no v.7, quando aquelas autoridades puseram Pedro e João em frente deles e perguntaram: "Com que poder ou em nome de quem vocês fizeram isso?", imediatamente é revelado no verso seguinte (v.8), que Pedro estava cheio do Espírito Santo.


* Isso significa que ele havia estado com Jesus e porque havia estado com Jesus, ganhou coragem, ganhou unção de ousadia. Eles podiam se acovardar diante daqueles homens, mas não fizeram isso. Foram ousados em Deus e enfrentaram a situação...


* Crentes que não têm entrado no quarto e fechado a porta para estar com Jesus, quando são perseguidos, se acovardam, porque estão despreparados... porque não estiveram com Jesus e por isso, não ganharam coragem, não receberam unção de ousadia.


* Por outro lado, quando um crente entra no seu quarto e fecha a porta e mantém um encontro com Jesus, ele recebe ousadia, e... aleluia! ...até os ímpios reconhecem que esta ousadia é vinda sobre o crente porque ele esteve com Jesus.

A terceira marca que diferenciam os crentes que têm estado com Jesus, é que...

Eles Têm Uma Evidência, Um Sinal Visível de Que Deus Está com Eles


É isso que acontece com homens e mulheres que passam tempo com Jesus: Quando saem daquele momento de oração, quando saem do tempo gasto com Jesus, Jesus fica com eles por onde quer que forem. Aleluia!


Conclusão


Que se possa dizer de você: "Este homem, esta mulher, esteve com Jesus". E que ninguém possa negar isso.



AUTOR: PR. Walter Pacheco da Silveira, baseado em material de David Wilkerson

domingo, 26 de abril de 2009


QUAL É A ORAÇÃO
QUE MOVE O CÉU?
Daniel 9.20-27



1. No capítulo 9, Daniel fez uma grande descoberta ao examinar Jeremias 29:10-14. Ele descobriu que o cativeiro babilônico tinha a duração de 70 anos.

2. Também no capítulo 9, Daniel fez uma grande oração, onde adorou a Deus, fez confissão do seu pecado e dos pecados do povo e pediu a Deus a restauração da sua cidade.

3. Finalmente, no capítulo 9, Daniel recebeu uma grande revelação, acerca das setenta semanas que haveriam de vir sobre o seu povo.

4. Vamos examinar o texto de Daniel 9:20-17 e ver alguns aspectos importantes da oração que move o céu.

I. É UMA ORAÇÃO RESPONDIDA PRONTAMENTE PELO CÉU – v. 20-23

1. A resposta foi pronta e imediata – v. 20-21

• Daniel pediu urgência na resposta à sua oração (9:19). As orações da Bíblia são feitas com esse senso de urgência: “Senhor, desce depressa antes que o meu filho morra”.

• Somos informados que enquanto Daniel orava, a resposta chegou (Dn 9:20-21). Esta é a promessa de Deus: (Is 65:24).

• Muitas vezes Deus responde nossas orações imediatamente, enquanto oramos. Foi assim com o servo de Abraão, Eleazar (Gn 24:12,15).

• Gabriel informou a Daniel que logo que ele começou a orar, Deus já despachou o seu pedido.

2. A resposta foi através de um anjo – v. 21

• o anjo Gabriel é o mensageiro de Deus (Dn 8:16; 9:21; Lc 1:19,26).

* Gabriel é o anjo que assiste diante de Deus e é o mensageiro de Deus.

* Os anjos são espíritos ministradores em favor dos salvos (Hb 1:14).

* Eles confortaram a Jesus no deserto e no Getsêmani (Mt 4:11; Lc 23:43).

* Ezequias orou e um anjo derrotou os exércitos da Assíria.

* Cornélio orou e um anjo o orientou a enviar um mensageiro a Pedro.

* A igreja de Jerusalém orou e um anjo foi enviado à prisão para libertar Pedro (At 12).

* Eliseu orou para que Deus abrisse os olhos do seu moço a fim de pudesse a hoste de anjos que estavam acampados ao seu redor (2 Rs 6:17).

3. A resposta transcendeu o pedido – v. 20

• Daniel pediu pela cidade e Deus respondeu revelando sobre o próprio Messias que haveria de vir, trazendo gloriosos benefícios (Dn 9:24,25). Deus dá mais do que pedimos. Ele pode fazer infinitamente mais do que pedimos ou pensamos.

• Daniel orava apenas pela restauração da cidade de Jerusalém (Dn 9:20). Mas a resposta de Deus a ele tratou de coisas mais profundas: não apenas a restauração física da cidade, mas a salvação eterna do seu povo.

II. É UMA ORAÇÃO FEITA POR ALGUÉM AMADO NO CÉU – v. 23

1. Daniel era amado no céu, por isso, foi ouvido rapidamente – v. 23

• A resposta é dada de pronto porque Daniel é um homem muito amado (v. 23). => Sabemos que Deus responde suas orações por causa das suas muitas misericórdias e não por causa dos nossos méritos (9:18).

• Entretanto, a Bíblia diz que a oração do ímpio é abominação para Deus, mas a oração do justo o seu deleite. O altar está ligado ao trono. Se há iniquidade no coração, Deus não nos ouve (Sl 66:18).

• Daniel era amado no céu e na terra, por isso sua oração foi prontamente ouvida. Sua piedade moveu rapidamente o céu. A graça de Deus nos torna amados no céu.

2. Daniel era amado no céu, porque viveu piedosamente desde sua juventude – Dn 1:8

• Daniel resolveu firmemente não se contaminar desde jovem. Ele enfrentou os perigos e desafios da vida, mantendo-se íntegro ao seu Deus. Ele andou com Deus como jovem escravo e também como homem idoso. Na pobreza e na riqueza. Na humilhação e na promoção.

3. Daniel era amado no céu, porque tinha intimidade com Deus

• Daniel era um homem de oração. Ele orou sistematicamente. Orou nas horas de dificuldades. Orou quando estava ameaçado de morte. Orou confessando os pecados do seu povo e pedindo livramento para o seu povo. Ele tinha vida de intimidade com Deus.

• Aqueles que prevalecem na oração, são aqueles que têm intimidade com Deus.
CONCLUSÃO
1. Pela oração ligamos a terra ao céu e trazemos o céu à terra;

2. A estreita conexão entre o binômio oração/palavra e o discernimento dos propósitos de Deus na história.

sábado, 25 de abril de 2009


CHEGA DE
ÁGUAS AMARGAS

II Rs 2.19,20



· O texto acima citado é extremamente relevante para quem quer sarar os mananciais de sua vida, deixar de ser manancial de morte e se tornar um manancial de vida de bênçãos.



· · Por detrás deste primeiro milagre do profeta Eliseu há algumas verdades espirituais que, se encarnadas, são poderosas para curar fontes de nossas vidas.



I. PRECISAMOS CRER QUE AS NOSSAS FONTES PODEM SER RESTAURADAS.



· Elizeu só curou aquelas fontes porque ele creu nisto; porque ninguém cura o que acredita ser incurável. Ninguém tenta curar o que já acreditou ser um caso irreversível.



· · E quem deseja ver o milagre da transformação de sua vida, deseja deixar de ser fonte de morte, de tragédia, de infelicidade, também tem que crer nisto: não há manancial (por pior que esteja) que não possa ser restaurado, curado e transformado por Deus.



· · Em Deus os mananciais de morte tornam-se mananciais de vida.



II. PRECISAMOS TRATAR DA MORTE NO SEU NASCEDOURO, NA FONTE.



· Quem quer deixar de ser fonte de morte e se tornar fonte de vida tem que aprender a tratar da morte no seu nascedouro.



· · Vejam onde Eliseu lançou o sal: "...então ele saiu ao manancial das águas, e deitou sal nele".



· · Ele não ficou jogando sal na beira do rio, foi direto à fonte de onde jorrava as águas venenosas, o que tem o seu paralelo em nossa experiência.



· · Quem quer sarar as fontes da vida tem que fazer o mesmo. Em outras palavras, tem que ir direto na "fonte" do problema, da morte, do fracasso, da desagregação familiar.



· · Não basta tratar as conseqüências, é preciso curar a fonte que gera o divórcio, as intrigas, a dor, a tragédia, a infelicidade.



· Qual fonte tem gerado morte em nossas vidas? · · Às vezes a fonte é uma pessoa, um vício, uma deformação de caráter, uma perversão, um trauma, um pecado escondido e agasalhado. · ·

III. AS NOSSAS AÇÕES SÓ SÃO EFICAZES QUANDO AGEM CONFORME A PALAVRA DE DEUS.



· Todo meio humano só terá sucesso se vier acompanhado pela ação da Palavra de Deus. O contra-pé desta afirmação também é verdadeiro.



· · Qualquer meio humano será inócuo para transformar as nossas vidas se não vier acompanhado pela palavra de Deus.



· · Eliseu joga o sal (meio humano), mas nada acontece, até que ele diz: "assim diz o Senhor: tornei saldáveis a estas águas, já não procederá daí morte nem esterilidade".



· · Em outras palavras, nós podemos ter tudo - carro, dinheiro, casa -, todos os amparos que a vida pode nos proporcionar, mas isso não é suficiente para alterar os conteúdos de nossas fontes.



· · Podemos ter tudo isso e continuar a gerar só morte em nossas vidas (aliás, é o que geralmente acontece). É preciso a ação da palavra de Deus.



· · Só a Palavra de Deus no coração para mudar as fontes de nossa vida: "guardo no coração as tuas palavras para não pecar...".



· · O que nós precisamos não é de mais "sal", o que precisamos é erguer a vida sobre a Palavra de Deus.

Conclusão:



· Não importa o conteúdo que emana de nós, somos fontes mananciais a jorrar realidades de vida ou de morte.



· Quem sabe não seja hoje a oportunidade de sermos sarados pela palavra desse Deus maravilhoso, que é capaz de transformar as fontes tépidas e rotas de nossas vidas num manancial de bênçãos



Por:Transformando fonte amarga em nossa vida, em fonte doce.- Texto: II Reis: 2:19 - por Pr. Sebastião Júnior

sexta-feira, 24 de abril de 2009


ATITUDES QUE
DESAGRADAM
AO SENHOR
2º Cr 16.1: 14


1. Asa foi um Rei que reinou 41 anos sobre Judá. Depois da cisão, foi o terceiro Rei. Pela ordem reinaram Roboão, Abias e Asa.


2. No início de seu reinado, Asa efetuou mudanças importantes na nação:


a. Aboliu a prostituição religiosa, 2 Cr 14.2-4.


b. Depôs corajosamente a Rainha Mãe, Maaca, destruindo ao mesmo tempo a sua imagem, 1 Rs 15.13


3. Contudo já do meio de seu reinado para a frente, Asa entrou em decadência e desagradou ao Senhor.


Vejamos quais foram as atitudes que o levaram a desagradar ao Senhor:


Primeira atitude que desagrada ao Senhor:

I. ALIANÇA COM INCRÉDULOS - VS. 1-6


1. Baasa. Rei do Norte (Israel), atacou Judá, Reino do Sul, fortificando a Ramá, uma cidade da fronteira entre os dois Reinos. Esta fortificação de Ramá tinha o objetivo de impedir que o povo transitasse livremente entre os dois Reinos, Vs. 1.


2. Quando Asa viu isto, assustou-se e cometeu uma falta muito grave. Foi buscar socorro em outro inimigo, o Rei da Síria, Ben Hadade, fazendo uma aliança com ele, Vs. 2-3.


- Um dos termos desta aliança, era que Ben Hadade, deveria anular sua aliança anterior, que ele tinha com o Reino do Norte e conseqüentemente com Baasa, seu Rei, Vs. 3.


- Ben Hadade concordou quebrando a aliança com Baasa, através da guerra, Vs. 4-6.


3. Aparentemente estava tudo bem. Contudo, Asa aliou-se a um incrédulo, outro inimigo, o que lhe trouxe sérias conseqüências.

- Ben Hadade não era amigo de ninguém e a sua proteção só valia porque Damasco capital da Assíria ficava longe de Judá, e Ben Hadade não tinha interesses em expandir seu reino à grande distância, e ainda, porque gostou dos presentes enviados por Asa.


A Palavra de Deus nos mostra o perigo de fazermos aliança com incrédulos:


a. 2 Co 6.14-18.


· Somos diferentes, temos objetivos contrários dos incrédulos, temos um Deus que é diferente do deus dos incrédulos.


· Um exemplo de como Deus não permite que façamos aliança com incrédulos, está no casamento misto:


b. Não dá para convivermos com os incrédulos, Pv 4.14-18,


4. A aliança com os incrédulos desagrada a Deus.


Segunda atitude que desagrada ao Senhor:

II. DESRESPEITO À PALAVRA PROFÉTICA - Vs. 7-10


1. Em razão da aliança de Asa com Ben Hadade, Deus enviou o profeta Hanani, para mostrar-lhe o seu desagrado com a atitude do Rei. Este profeta era pai do profeta Jeú, que repreendeu o rei Baasa, rei de Israel, em razão de sua idolatria, profetizando o extermínio de sua família, 1 Rs 16.1-4.


A repreensão do profeta visava alertar o Rei pelo seu desprezo à confiança no Senhor, preferindo antes, confiar num ímpio. Poderia aquele ímpio protegê-lo? Vs. 7.


2. Hanani disse a Asa que ele poderia ter destruído, se tivesse confiado no Senhor, não somente o Rei do Norte, Baasa, mas também o próprio Ben Hadade com todo o seu exército, Vs. 7.


3. Outra palavra de Hanani a Asa foi que ele procedeu loucamente e perdeu a benção de sair vitorioso contra todos os seus inimigos, Vs. 9.


4. Para piorar ainda mais sua situação, Asa se revoltou contra o profeta de Deus e lançou na prisão, oprimindo também outros possíveis aliados do profeta, Vs. 10.

5. Muitas vezes, como crentes erramos e Deus usa um irmão para nos repreender, exortar e quase sempre a repreensão é mal recebida.


6. Receba a palavra profética, daquele que é usado por Deus a nosso favor.


Terceira atitude que desagrada ao Senhor:

III. NÃO RECORRER A DEUS NA HORA DA PROVA - Vs. 11-14


1. A prova de Asa, foi uma doença grave nos pés, Vs. 12.


· Quando ficou doente, ele não buscou a Deus e sim o auxílio de médicos.


· Estes médicos, talvez fosse os egípcios, que usavam encantamentos, artes mágicas e feitiçarias. É a primeira vez que são mencionados entre os Israelitas.


· Poderiam ser também "médicos", babilônicos que da mesma forma tratavam as doenças utilizando estes mesmos recursos.


2. Podemos ver a que situação chega alguém que não busca o socorro do Senhor na angústia. O desespero, leva a pessoa a confiar em feiticeiros, médicos mundanos, ao invés de confiar no Deus Todo Poderoso, Sl 121.1-2; Hb 4.16


3. A busca errada produz catástrofes, Vs. 13. O texto diz que ele morreu. Assim pode ocorrer com o crente, cuja fonte de busca não é o Senhor, Sl 103.3.


4. Devemos buscar o socorro na fonte certa.


CONCLUSÃO:


1. Deus não se agrada de nós quando tomamos certas atitudes:


a. Fazer aliança com incrédulos;


b. Desprezar a palavra profética;c. Não recorrer ao Senhor em tempos de prova.


2. Vamos dar ouvidos à Palavra do Senhor e obedecê-la.


AUTOR: Pr. José Antônio Corrêahttp://www.sermao.com.br/sermao.asp?id=237

quinta-feira, 23 de abril de 2009


COMO REACENDER
A PAIXÃO NO MINISTÉRIO?
João 21.1-19


· Vivemos num mundo onde a tecnologia cada dia está mais avançada.


· Algumas pessoas trocaram o culto na Igreja pelo Culto na TV e na Internet. E isso cria um distanciamento entre as pessoas. Cresce a individualidade, frieza.


· Parece que a rotina apagou a sua paixão do primeiro amor.


· A nossa paixão tem que contaminar os outros.


· Esta paixão tem que ser evidenciada onde vivemos.


I. VEJAMOS ALGUMAS COISAS QUE DESTROEM A NOSSA PAIXÃO ESPIRITUAL:


· 1º. Cobrança demasiada que fazemos de nós mesmos.·


· 2º. Expectativa que os outros tem de nós mesmos.·


· 3º. A cultura que o sucesso do Ministério é igual ao crescimento numérico.


· Traz frustrações e tomamos decisões precipitadas.


· Jesus tinha uma Igreja com 12 membros. Jo 6. (sermão duro).


· Não podemos atrelar o nosso ministério ao crescimento ministerial: É um equívoco.·


· 4º. Dificuldade de lidarmos com as realidades que temos.


· Dificuldades de fazermos mudanças dolorosas.


· Precisamos mudar algumas coisas mesmo que venha o sofrimento.·


· 5º.Falta de uma vida à altura da nossa vocação.


II. COMO REACENDER A PAIXÃO ESPIRITUAL?


1º. João. 21.1-3


– Volte ao lugar onde você teve um Encontro com Ele.


· Volte ao primeiro amor.· Pedro teve o encontro quando estava pescando.


· O seu ponto de encontro é o seu ponto de paixão.


· O que vai sustentar a sua paixão é o seu primeiro encontro

2º. João. 21.4-8 – Tenha períodos de folga onde Jesus possa se revelar.


· Precisamos fazer o nosso retiro espiritual para ouvir a voz de Deus.


· É o ponto de restauração espiritual.


· Pedro retirou-se para pescar, para ficar no silêncio.


3°. João. 21.9-14 – Alimente sua vocação na intimidade com Deus.


· Precisamos ter intimidade com Deus.


· Jesus preparou um jantar para os discípulos isso quer dizer: Intimidade.


· Jesus não preparou uma palestra.


· Você e Jesus – Intimidade.


· Vamos para os pés do Mestre Jesus.


· Não é a sua competência que mantém a sua paixão, é a sua intimidade com Deus.


4º. João. 21.15-17 – Pare de viver de aparência e seja autêntico.


· Jesus deu a Pedro a chance de retirar as máscaras.


· Pedro seja autêntico - Jo. 13.37


· Pedro reinicie a sua fé.


· Seja sincero na sua vida cristã.


· Ás vezes temos um belo discurso, mas não sustentamos na prática.


· Ap.12 – Sê fiel até á morte.· Não tenha vergonha de admitir os seus erros.Seja autêntico.


5º. João. 21.18-19 – Pare de viver do passado e olhe para o presente e veja o futuro que Deus tem pra você.· Olhe para frente.· Deus quer restaurar essa paixão espiritual e ministerial.


· Volte ao lugar do seu encontro com Deus.


· Admita os seus erros e arrependa-se.


· Volte ao primeiro amor.


MENSAGEM MINISTRADA NA REUNIÃO DA ORDEM DOS MINISTROS BATISTAS NACIONAIS (ORMIBAN – MG) POR:Pr. Marco Aurélio / CBN - ES - Igreja Batista Vida e Paz

quarta-feira, 22 de abril de 2009


DESPERTA IGREJA!
João 4:31-38


* Eu vejo que a Igreja de Jesus Cristo está enferma, pois tem pregado um Evangelho sem compromisso.


* Quando eu olho para a Palavra de Deus, eu vejo que o Senhor quer de cada um de nós um compromisso muito sério com a Sua Palavra e com a Sua obra.


* A mensagem hoje é "Jesus é legal; Jesus é o maior barato, Jesus faz minha cabeça; Jesus dá uma paz legal; etc..." Sim Jesus dá tudo isso, mas implica num compromisso muito sério com Ele.


* A mensagem da Igreja primitiva era esta, "Jesus é o Senhor" "Ele manda, eu obedeço"


* Jesus me dá a liberdade de chamar-Lhe de amigo, mas eu me reservo no direito de chamar-Lhe de Senhor.


* Jesus no Getsêmani... "Pai, passa de mim este cálice, mas..."


* O Senhor não está mais interessado em quantos entram no templo para adorá-Lo, mas em quantos saem do templo para servi-Lo.


I - MISSÕES É UMA RESPONSABILIDADE QUE A IGREJA PRECISA ASSUMIR TODOS OS DIAS. (vs. 34)


MISSÕES - É a pregação ininterrupta do Evangelho até a última fronteira do mundo.


* Pedro podia estar imaginando, "Será que o Senhor comeu uma lasanha quatro queijos, ou um tutu mineiro, ou quem sabe uma costelinha assada na brasa...?"


* COMIDA - Básico da vida, é algo que fazemos todos os dias. Jesus está dizendo que diariamente precisamos ter um compromisso sério com a vontade de Deus.


* COMPLETAR A OBRA DE DEUS - O que se vê hoje são crentes pulando de Igreja a Igreja e não fazendo nada na obra de Deus. Só estão interessados em ter carros do ano, casas, chácaras, etc...


* Eu devo respirar Missões, porque, AS PESSOAS ESTÃO PERDIDAS SEM CRISTO, PORQUE CRISTO NOS ORDENOU QUE FIZESSEMOS DISCÍPULOS DE TODAS AS NAÇÕES.

II - MISSÕES CONSISTE EM EVANGELIZAR TODOS OS POVOS AO MESMO TEMPO, ATÉ QUE A ÚLTIMA FRONTEIRA SEJA RECONQUISTADA PARA O SENHOR. (vs. 35).


* “Levantai os vossos olhos e vede...” VISÃO = PERCEPÇÃO


* O alvo é o mundo (Jo. 3:16) "...amou o mundo..."* Muitas vezes só ficamos dizendo, "minha igreja, meu bairro, minha cidade..."


* ORANDO - INDO - CONTRIBUINDO


* Hoje nós temos a Palavra de Deus porque há 100 anos atrás os missionários da Europa e da América do Norte, deixaram seus Países, suas famílias, seus confortos, para nos trazer a Mensagem de Deus aqui no Brasil.


* CAMPOS BRANCOS - Se não colher logo, caem e apodrece - O inimigo vem a noite e rouba os frutos


* Aquilo que era para os crentes colherem, os Muçulmanos estão colhendo. Crêem que Ala é o seu Deus e Maomé o seu profeta, não aceitam Jesus como Filho de Deus.


* Hindus, religião da Índia, adoram a vaca como deus, tem mais de 30 milhões de deuses. Os Hari-krisnas são hinduístas, olho para eles e vejo que além de tudo o diabo é gozador, raspam a cabeça, deixam um rabinho, queimam incenso e saem cantando na rua.


* MUNDO - 6 Bilhões de pessoas. 700 milhões são cristãos


* Na Amazônica tem 123 tribos indígenas que nunca ouviram o evangelho. (Sabe o que é nascer uma criancinha, e ver que ela nunca vai ouvir que Jesus é o Salvador?


* O verdadeiro guerreiro é aquele que diz: "Senhor, eis-me aqui, envia-me a mim"


III - MISSÕES É O ÚNICO TRABALHO E INVESTIMENTO QUE REALMENTE VALE A PENA PARA A IGREJA DE JESUS CRISTO. (vs. 36)


* Rom. 10:15 diz: "...quão formosos são os pés..."


* Jesus quer que sejamos ricos, ricos lá no céu.
* Nunca vi um enterro com um caminhão de mudança atrás.
* Ouro, lá no céu é asfalto.

* Em Lucas 12:20 diz: "...Louco, se esta noite te pedirem a tua alma...?"


Atos 1:8 = tanto – quanto e até...

Atos 8:1 = Regiões da Judéia e Samaria

Atos 8:2-4 = Foram anunciando a palavra

Atos 8:5-8 = Libertação e alegria naquela região


AUTOR: Pr. Maucir Lehn / http://www.ibrest.org.br/prmaucirdesperta_igreja.php

AS MARCAS
DE UMA
IGREJA
QUE
ABALOU
O MUNDO
Atos 2.42-47


1. “Qual é a igreja mais importante do mundo?” É a igreja que Deus está edificando dentro de você.


2. Quais são as marcas dessa igreja que ainda hoje pode abalar o mundo? Para responder essa pergunta, precisamos olhar não para as igrejas contemporâneas, mas para a igreja mãe, para a igreja de Jerusalém.


3. Aquela igreja possuía algumas marcas:


1) Ela se reunia no templo e de casa em casa;

2) Ela tinha profundo compromisso com a doutrina e também uma celebração festiva;

3) Ela era profundamente engajada em ação social (horizontal) e também na oração (vertical);

4) Ela não apenas evangelizava, mas também fazia discípulos;

5) Ela tinha grande comunhão dentro dos muros e também a simpatia dos de fora.


4. Hoje vemos igrejas que revelam grandes desequilíbrios:


- As igrejas que zelam pela doutrina, não celebram com entusiasmo.
- As igrejas ativas na ação social desprezam a oração.

- Aquelas que mais crescem em número mercadejam a verdade.


QUAIS ERAM AS CARACTERÍSTICAS DA IGREJA DE JERUSALÉM?

I. UMA IGREJA QUE TEM ZELO PELA TEOLOGIA


1. Firmeza doutrinária – v. 4


2• A igreja de Jerusalém nasceu sob o bastão da verdade. A igreja começa com o derramamento do Espírito, a pregação cristocêntrica e a permanência dos novos crentes na doutrina dos apóstolos.


• Deus tem compromisso com a sua Palavra. Ele tem zelo pela sua Palavra. Uma igreja fiel não pode mercadejar a Palavra.2. Perseverança na oração – v. 42


• A igreja de Jerusalém não apenas possuía uma boa teologia da oração, mas efetivamente orava. Ela dependia mais de Deus do que dos seus próprios recursos.


a) Atos 1:14 – Todos unânimes perseveravam em oração;

b) Atos 4:31 – A igreja sob perseguição ora, o lugar treme e o Espírito desce;

c) Atos 9:11 – O primeiro sinal que Deus deu a Ananias sobre a conversão de Paulo é que ele estava orando;


• A igreja hoje fala de oração, mas não ora.


3. Havia temor de Deus na igreja – v. 43


• Hoje as pessoas estão acostumadas com o sagrado.

Há uma banalização do sagrado.

Há uma saturação, comerciliazação e paganização das coisas de Deus – Os filhos de Eli.


• Quem conhece a santidade de Deus não brinca com as coisas de Deus – Dn 5.


• Atos 5 – O pecado da mentira foi punido com a morte.


• Há crentes que fazem piada com as coisas de Deus. Não há temor.4. Havia presença da intervenção extraordinária de Deus – v. 43


• A manifestação extraordinária de Deus estava presente na vida da igreja:


a) Atos 3 – O paralítico é curado;

b) Atos 4:31 – O lugar onde a igreja ora, treme;

c) Atos 5:12,15 – Muitos sinais e prodígios são feitos;


QUAIS ERAM AS CARACTERÍSTICAS DA IGREJA DE JERUSALÉM?

II. UMA IGREJA QUE TEM ENTUSIASMO NO CULTO

1. A igreja tinha prazer de estar na Casa de Deus – v. 46


• O culto era uma delícia. Eles amavam a Casa de Deus (Salmo 84 e 27:4).

• Uma igreja viva tem alegria em estar na Casa de Deus para adorar.

• A comunhão no templo é uma das marcas da igreja ao longo dos séculos.


2. O louvor da igreja era constante – v. 47


• Uma igreja viva tem uma louvor fervoroso, contagiante, restaurador, sincero, verdadeiro.

• O louvor que agrada a Deus tem sua origem em Deus, tem seu propósito de exaltar a Deus e como resultado produz quebrantamento nos corações.


3. A alegria da igreja era ultra circunstancial – v. 46


• A igreja transbordava de alegria:


a) Atos 5:40-42 – Os apóstolos são açoitados pelo sinédrio e retiraram-se regozijando-se por terem sido considerados dignos de sofrer afrontas pelo nome de Jesus;


b) Atos 6:15 – Estevão na hora da morte vê a Jesus e seu rosto transfigura-se como rosto de anjo;


• Uma igreja que mistura o sofrimento com adoração.


QUAIS ERAM AS CARACTERÍSTICAS DA IGREJA DE JERUSALÉM?
III. UMA IGREJA QUE VALORIZA A COMUNHÃO


1. Os crentes tinham prazer de estar juntos – v. 42,44,46


• Cessam as brigas, as contendas; brota o perdão e a cura.


• Todos estavam juntos. Partiam pão de casa em casa.


• Eles se reuniam no templo e também nos lares.


2. Os crentes eram sensíveis para ajudar os necessitados – v. 44-45


• Os crentes converteram o coração e o bolso.

• Desapego dos bens e apego às pessoas.

• Encarnaram a graça da contribuição.

• Quem não ama a seu irmão, não pode amar a Deus.


QUAIS ERAM AS CARACTERÍSTICAS DA IGREJA DE JERUSALÉM?

IV. UMA IGREJA QUE PRODUZ IMPACTO NA SOCIEDADE


1. Pelo seu estilo de vida contava com a simpatia de todo o povo – v. 47


• A igreja era comprometida com a verdade, mas não legalista;

• A igreja era santa, mas não farisaica;

• Os crentes eram alegres, festivos, íntegros. Eles contagiavam.

• O estilo de vida da igreja impactava a sociedade: melhores maridos, melhores esposas, melhores filhos, melhores pais, melhores estudantes, melhores profissionais.

2. Pela ação soberana de Deus, experimentava um crescimento numérico diário – v. 47


• Temos hoje dois extremos: numerolatria e numerofobia.

• Qualidade gera quantidade.


a) A igreja crescia em números.

b) A igreja crescia diariamente.

c) A igreja crescia por ação divina.


• Vejamos o crescimento da igreja:


1) Atos 1:15 – 120 membros

2) Atos 2:41 – 3.000 membros

3) Atos 4:4 – 5.000 membros

4) Atos 5:14 – Uma multidão é agregada à igreja


CONCLUSÃO


1. Ricken Warren disse que a pergunta errada é: O que eu devo fazer para a minha igreja crescer? A pergunta certa: O que está impedindo a minha igreja de crescer.


2. Nossa igreja tem feito diferença na nossa cidade? No nosso Estado e no País?


3. Que Deus nos ajude a ser uma igreja que produza impacto no meio em que vivemos!